30 de outubro de 2015

Não desisto





Boa noite.
Como está o calor por aí? Porque eu estou quase pronta, estou assando e marinando. Eu odeio calor, e se está calor, e estou no periodo menstrual, com certeza tudo isso piora. 
Fico mal humaroda, querendo bater, espancar, matar qualquer um. Hoje foi um dia de dor de cabeça, e chatiação. O telefone tocava, e eu queria jogar ele na parede. 
Bom, para quem não sabe sobre o desafio da Entre Amigas Ana y Mia. Está lá no blog Espaço para Anas & Mias . E eu vou participar com elas, e tal. Geralmente eu sempre faço minhas dietas sozinha, mas agora vou ter companhia. ( eeeh o/ ) 
Eu opitei pela dieta liquida, de novo. Porque é uma dieta, que não agride meu estômago, e perde peso numa boa. Eu já escolhi quais sopas vou usar, e opitei até por sopas geladas, já que em SP está cozinhando. Amanhã, vou chutar a preguiça, e vou comprar alguns legumes, que estão faltando para completar a dieta. 
Para á dieta tenho: Chá Mate Preto/ Chá Verde/ Chá Branco/ Sucos/ Sopas Vono ( em caso de extrema preguiça )/ e as sopas. 
O plano é este, de manhã opitar por sucos detox, ou sucos normais de frutas. Para o almoço  ás sopas, um porção média. Lanche da tarde, sucos com chás. E a noite sucos mais grossos, como suco verde. Eu terei que aguentar tudo por bastante tempo, por isso farei pequenas porções de sopas. Com sabores diferentes, pra não enjoar. Também vou fazer de tudo para fazer exercícios pelo menos 4 vezes na semana. Todos aeróbicos, e que percam muitas calorias. Opitei: por dança, caminhadas, aeróbica, e farei um pouco de ginástica. Estou tentando não pensar em só bater á meta, estou querendo mesmo é o controle. Antigamente eu era tão focada. Tão forte, e hoje sou apenas isso. Essa coisa fraca, e inútil. ( xô pensamento ruim ) !! 
Eu ainda estou ruim psicologicamente falando. Me sinto mal, por um monte de coisa. A maioria é idiota. E é por isso que estou me importando com a dieta, e não com a dor. 
Está semana, eu darei meu sangue. E não vou começar dia 01, não. Amanhã mesmo é um dos dias que buscarei pelo controle. Estou enchendo o pote de confiança, e marchando rumo ao sucesso. 
Confesso que o medo ainda está querendo me detonar. Mas eu estou tentando... Ainda mais depois de ler comentários tão encorajadores. Agradeço á cada borboleta linda, que me ajuda, e que lê, e ainda me ajuda, nesta caminhada. Um beijo em cada uma <3

Alguém por uma acaso sabe como se escreve Lua em japonês? O google disse que é Tsuki, mas não sei é está certo. E Mizuki é Bela Lua. ( eu fico perdida nesses negócios ). 

Abraços da Lua 

29 de outubro de 2015

Desalento


Eu estou um caco essa é a verdade. Tenho perambulado pela casa, sem chinelos, estou espirrando muito, e com a alergia atacada. A ansiedade e a dor está me consumindo, tanto que todas as pelinhas que se formam nos meus lábios eu arranco, e depois só sinto o gosto de sangue. Tentei me animar na segunda, pintar as unhas, mas minha aura está dolorida, estou pintada de preto. Em luto por mim. 
Não fiz planos, fiz apenas uma lista de alimentos que não posso comer. Tentei me animar, postar a foto disso, mas pra quê? Quem estou tentando enganar? 
Me vejo gorda. Todo mundo está magra, menos eu. Me sinto tão gorda, que não tenho saído de casa. Minha mãe tem ido ao médico sem mim. Porque tudo que eu quero é ficar aqui, quieta, sem nada e ninguém. Tenho limpado meu quarto umas 5 vezes no dia, cutuco todos os cantinhos, atrás de pó, ou sujeira. 
O feriado está vindo, e eu gostaria de sair com boy. Mas só de pensar em procurar uma roupa, vestir e me ver 30 vezes maior, é assustador. Meu cabelo está horrivel, embaraçado, precisando de um carinho, uma hidratação. Penso - Vou fazer!! E desisto em menos de 30 segundos. 
Ontem comi pipoca. A pipoca me olhava e dizia- Gorda! Come mais!! É assim que você vai provar pra alguém que você vai emagrecer? Me comendo? Vou ficar na sua barriga, vou te engordar, até você pocar. Gorda! 
Era uma mordida uma lágrima. Era doloroso, mas eu nem consegui deixar de comer a maldita pipoca. E ela ainda ficava me humilhando, que coisa mais rídicula. Ontem eu tentei conversar com o boy, mas ele já tem os problemas dele. Provavelmente nem me ouviu. Fui tomar banho quase as 23 da noite, achei que ele ia vir atrás de mim, por medo de eu me machucar. Mas ele não veio. Tudo bem, eu entendo. Ele anda estressado com o trabalho. E nesse tempo de crise, não temos muita escolha. Ou trabalha, ou fica sem nada. 
No sábado eu infelizmente me cortei. Infelizmente. O texto que postei esses dias foi sobre sábado. Foi exatamente o que aconteceu- Sentei na privada; Tirei toda a roupa, fiquei só de calcinha; Peguei uma lâmina escondida dentro do suporte  de absorventes; Dobrei a roupa que eu vestia; Me cortei, nem sei quantas vezes; Vesti a outra roupa; Saí do banheiro como se eu estivesse, apenas tomando um banho; E me deitei no meio da escuridão. ( só ) 
Eu não falei sobre isso pra ele. E nem vou falar nada, afinal, ele já tem problemas demais, não quero ser apenas mais um. Desde sábado tenho me controlado. Brinquei com a faca, mas logo deixei ela na cozinha. ( crianças não podem brincar com facas ) 
Não sei o que fazer, e para ser sincera eu não quero fazer nada. Apenas dormir. Para passar o tempo comecei á acompanhar o anime Higurashi no naku koro ni kai, é interessante. É sombrio, e tem muito sangue. A personagem Rena é bem parecida comigo, por fora doce e amável, por dentro doida, e psicopata. Eu não sei porque, mas sempre me identifico com os " problemáticos" . E ontem comecei Ergo Proxy, é um anime incrivel. O desenho é muito bonito, e tem toda aquela aura gótica. Ela me fez pensar em poemas, e aquele fundo dos olhos dela é perfeito. E, quem vocês acha que eu me indentifiquei? Logo no persogem estranho e doido, Ergo. Pretendo terminar os dois, e começar outro anime. Só não sei qual... Eu sempre busco um equilibrio entre um de terror & um de suspense, ou ação. Pensei em Evangelion. Alguém já assistiu? É bom? 
Bom é isso. Já me estendi demais neste post. Para quem leu até aqui, muito obrigada. Eu sei que ler os meus textos devem ser cansativo. Agradeço os comentários do post " Words Hurt ", vocês são uns amores. 

Beijos & abraços da Lua 

26 de outubro de 2015

Gotas da Lua




Ela pairou sobre mim e susurrrou palavras doces, que ficaram amargas do dia para outro. Ela falava, e me enrolava com suas fitas vermelhas e azul escuro. Em uma música melancólica, ela cantava em voz macia...


" Lua, Lua minha doce e pequena Lua. Você nunca poderá fugir de mim. Mesmo que me odei.
Eu estarei mais perto do que você possa imaginar. "


Seu cheiro adocicado, perfumava o meu quarto. As palavras se moviam e juntavam em outras palavras enquanto eu tentava me concentrar. Ela me desenrolava das fitas vermelhas, e me trançava fitas da cor azul escuro.


" Fácil. Sempre será fácil. Tenho dois segredos de você. Um te destrói, e outro te consome. 
Um. Dois. Três. Quatro. Cinco. Òh, não se esqueça á raiva é que está te controlando. "


O ar ficava pesado sobre as minhas costas. Pego vários punhados de papéis, e coloco no lugar. Tirou toda a minha roupa. E coloco um blusão. E uma leggin escura. Então coloco um sorriso torto no rosto, e me visto de mentiras. Chego até a cama e me deito. E ela tornar á cantarolar...


" Minha pequena boneca de porcelana, está rachada. Olhos frios e sem vida, é o que tem nela. 
Abre e fecha á boca,  porém não tem som nenhum. 
Diga- me como se sente... "


Me curvo de dor, pois os ricos estão em mim. Sinto- me enjoada, como se estivesse no mar á vários dias. Para calar á boca da maldita, engulo 2 pilulas do esquecimento. Mas ela está forte hoje. Ela quer me destruir. Ela nunca perdoa traição, Ela precisava levar algo de mim. Já que eu não estava disposta em dar a minha vida. 

" Não fique triste assim. Doce, doce Lua. Eu te disse que não ia ir. 
A tua boca, e teu corpo me pertence agora. 
Achas que pode ir? "

( X )

" Se tentar fugir de mim...
Enrolarei minhas fitas em ti. 
Ficarás no escuro e sozinha. 
Vai definhar, e se encolher quando a fome chegar em você.
Te amarrrarei como se amarra um porco para abater. 
Enfiarei meus espinhos na sua garganta. 
Gotas do vermelho vivo estaram fazendo poças de sangue. "

E lá no escuro, minha doce, doce, Lua. 
Será apenas eu e você. "


Lua Ana & Mia 

24 de outubro de 2015

Words hurt


Eu não queria vir hoje aqui. Para ser sincera eu não queria mais vir aqui, e nem ir a lugar nenhum. Estou cansada, realmente cansada. Poucas coisas dão certo na minha vida, a grande parte deu errada. Não tem mais niveís de força em mim. Estão todos lá embaixo, a 7 palmas da terrra. Ontem eu tomei alguns comprimidos e deitei. Me fiquei brava, levantei. Fiquei jogada na sala de estar, no chão frio. A cachorra, veio querendo carinho. Mas nem carinho pra ela eu tinha. Espantei ela pra longe. Algumas lágrimas caíram ... E a droga da minha mente... 

Porque? Porque? 

Eu odeio isso. Eu odeio me senti fraca, me sentir idiota, me sentir burra. O que foi que eu fiz para ser tão massacrada? Eu devia ter morrido naquele dia. Não devia ter nascido. Eu me odeio. Eu sou um leitão. Uma porca. Uma imunda, nojenta. Hoje minha mãe foi super grossa comigo, para ela foi um comentário normal, mas pra mim... 

Mãe: Você não acha que já comeu demais não?

Sério? É sério isso? Eu sempre como a mesma merda de quantidade no café, ela me diz isso? Ela acha que não magoa, ela acha que é normal, mas não é. A vontade é de enfiar dois dedos na garganta e miar tudo que eu comi nela. Nunca mais eu vou me alimentar na frente dela. NUNCA. Porque receber este tipo de comentário, ainda mais sabendo que eu sempre como, a mesma merda de quantidade, ela me vem com isso? 
Será que ela não sabe que cada merda de letra fica na minha cabeça. E que se me fala alguma coisa, essa merda nunca vai sair. Que raiva. Gorda. Gorda, nojenta. Gorda! Eu me detesto. Eu me olho no espelho e vejo banhas. BANHAS. Só isso. Hoje quando fui me vestir vi uma mulher ridicula no espelho, cabelo feio, olhereiras, pernas do tamanho de um elefante, pança cebosa. Que horror. Ai pra piorar vejo uma moça magra, e de lá de longe eu via o vão entre as pernas dela. Inveja? Não, porque eu não sou esse tipo de pessoa. Mas sim, eu me senti uma baranga. 
Estou tão triste, mas tão triste. É deprimente, ver aonde que eu cheguei. Eu não sei se eu consigo dessa vez.. eu não sei.

23 de outubro de 2015

shit

Eu tô me sentindo uma bosta.
Uma grande e imensa bosta.
Eu não sei porque eu insisto. Eu juro, eu não sei. Tá pra nascer ser humano, mais idiota, mais retardado nessa terra. Porque eu ocupo todos os quesitos nesse momento. Eu podia ter centenas de pílulas e eu acabaria com essa merdinha vida, que eu digo que tenho. Deprimente. DEPRIMENTE.

Minha cólera



" Eu me negava á enxergar a verdade. Eu mesma me enchia de palavras mentirosas, eu mesma me ludibriava com palavras cheias de mentiras. Será que eu gosto da dor? Será que eu não fui verdadeira comigo mesma? É minha culpa? 
Não. 
Eu me nego á dizer que foi minha culpa. Eu me nego á crer que eu mesma fui o fardo. Eu não merecia isso, eu não merecia isso... 
A culpa foi sua.
Você é o engano. Você é a pessoa que enganadora. Você é que profere mentiras, você é que é a dona do coração envolvido em mentiras. Você me enchia de palavras doces, mas que no fundo era amargas. Você me enchia de ilusões, mas no fundo era um joguinho. Eu te dei um mundo, eu te dei o meu coração. Mas você usou como bem entendeu. Você cortou todas as pequenas linhas que costurei. Você cortou, você massacrou, você quebrou, você destruiu tudo que eu construir. Eu me culpei, eu repetia para mim mesma, que foi tudo minha culpa. 
Mas eu enxerguei, a pessoa enganadora, que você é. 
Eu te odeio. Eu te odeio com todas as forças da minha alma. Eu gostaria de fazer aquilo que fez comigo, Cortar todos os fios que você costurou no seu coração. Mas eu te digo, em um voz enraivecida, que tudo o que fez para mim, te desejo em dobro. O mundo te fará ver que aquilo que você faz, e fez, você vai pagar, e com juros. 
Não entregarei... 
Não entregarei nunca mais o meu pobre coração. Porque ele foi o que mais sentiu, ele foi o que mais quis morrer. Eu o peguei nas mãos, quase falecido. Eu o abracei, e consolei. Não tem mais volta o que eu fiz. Mas morrerei dizendo que você é a pior pessoa que já conheci. 
Quando eu a escuridão tomar o meu corpo, e a morte me abraçar lentamente. Morrerei proferindo palavras de ódio, morrerei desejando toda  á dor que eu sentir. 
Não esqueça...
Posso ter sido fraca. Por não ter lutado por mim mesma, mas cada palavra e letra que sair da minha boca. Serás de puro rancor por ti. Destruidora da minha alma... " 

Autora : Lua Ana & Mia 



Atualizando 


Olá meninas... 
Ontem eu tinha planejado vir aqui mas, me deu uma crise de sono. E eu dormi das 19 até hoje de manhã, acordei por volta das 7:40. Hoje começo os ciclos de lf, e vou voltar á atualizar no canto direito. Minha mãe não fez a torta, mas vai fazer pavê. ( ~ .~ ) 
É sério isso? Só ela, e ela nem sabe que estou de dieta. Então é complô do destino mesmo. Tô meio sei lá, meio nada, meio tudo, meio cheia, meio vazia. E por isso já vou indo... 

Nota: Senhora M. já respondi seu email desde ontem. 


Abraços da Lua 

22 de outubro de 2015

Monotonia




Boa tarde ...

Aqui em sampa está um chuva boa. Mesmo com alguns trovões, não me sinto intimidada. Já que eu sempre morri de medo de trovões e temporais. Eu já tinha feito um post hoje de manhã, mas não ficou bom, e eu excluí.
Não tenho novidades. A não ser é que me sinto mais leve, e finalmente consegui ir ao banheiro. E não houve necessidade de usar laxantes. ( eeeeh )
Hoje eu tirei o dia para me programar de novo, em relação á dieta. Ainda continuarei com os lfs, e assim a vida toca. Eu quero muito fechar o ano com um peso descente, e abaixo da casa dos sessenta, porque ninguém merece.
Lembram que eu disse que é só pensarmos em dieta. Que vem um monte de coisas gostosas? Pois é, amanhã minha mãe fará a famosa torta de frango com catupiry. Sim, ela não tem dó de mim. Automáticamente eu ouvi uma vozinha: " Enfia isso dentro do congelador. " Sim, é o que eu farei. Vou dar aquela disfarçada e vou coloca-la dentro do congelador. Assim não terei que miar, ou usar laxantes, ou qualquer outra coisa parecida. Eu estou fazendo algumas anotações, e depois de um certo tempo, eu coloco aqui no blog. Estou levemente animada, tentei fazer alguns exercícios, mas não rolou. Perdi as forças, e bateu uma fraqueza esquisita ... :(( 
Os dias tem sido vazios e monótonos. Nada de interessante, nada de bom. Mas prefiro que fique assim, do que ficar horrível. Então....
Ah, vou voltar a seguir alguns animes. Faz muito tempo, que eu não assisto um. Quem tiver algum para indicar é só deixar nos comentários. Eu gosto mais dos de terror/ ação/ e romance. :))
Sei lá, como já fiz meus afazeres ás 6 da manhã. Estou com tempo livre á tarde toda, e estou saltitante de felicidade por isso.  lol 

Editado ás 17:09 

Fiz merda, comi 3 pacotes de clube social com danone. E o que fiz? Fui lá queimar as calorias? Não, fui direto pra mia. Miei tanto, que as lágrimas e os miados se espalharam no vaso e na boca do vaso. E no chão, e de repente tudo vermelho. Forcei tanto que foi sangue, e miado pra tudo que é lado. Parabéns Lua, você tá indo super bem! viuuu ;((((((

Abraços da Lua 

19 de outubro de 2015

A verdade da Lua



Hã... 
Eu não sei bem como começar este post. Embora, eu já fiz ele várias e várias vezes e apaguei. Mas com o comentário da Cecy no post anterior, eu tomei coragem...
Não sou uma pessoa de se orgulhar, ou de dizer ' Olha como sou forte!! '. Pelo contrário, sou quebrada em vários pedaços, realmente como uma boneca, que foi deixada para trás. 
Sou sim Auto- Mutiladora. Mas não sou á 1 mês não, sou auto- muti* á muito tempo. Mais do que eu mesma posso me lembrar. Antes disso ser uma " modinha ". Sou toda ferrada por fora e por dentro. Não posso usar shorts, não posso usar saias, não posso usar vestidos. Só posso usar isso se for bem abaixo dos joelhos. E nos braços a mesma coisa. Só que como eu moro em um país de extremo calor, eu parei de me machucar nos braços. Então só tenho algumas cicatrizes. Vocês devem está pensando como o meu boy reagi sobre isso. Mal. Muito mal mesmo, ninguém que ama gosta, de ver a pessoa sofrendo. Se eu ficar de calcinha e sutiã, é bem capaz dele chorar. O medo dele não me querer por causa disso, é grande, foi grande digamos. 
Não posso específicar o motivo de ter me levado para este caminho. Porque é pesado demais, e é feio demais. Ninguém merece ler isso, que dirás ler o que eu tenho guardado. O meu motivo não é por namorados, ou por qualquer outra coisa digamos " da vida ". É pesado, é ruim e eu não consigo carregar isso. Comecei com socos, depois com beliscões. Mas em um certo dia, bebi uma garrafa de Vodka inteira, e eu estava jogada no chão do quarto. Bem perto das coisas do meu boy, eu vi as laminas... Eu peguei algumas, eu cortei todo o meu joelho. Bebi mais e acordei com a minha prima me gritando no corredor. Ela dizia ' você está bem? hey Lua, ohhhh por favor acorde '. Mas eu só ouvia um barulhinho de nada, os meus ouvidos estavam meio tapados sei lá. Ela me dizia, ' jogue a chave no terreno, vamos...' Eu estava á poucos metros da chave, me arrastei e tentei por algumas vezes jogar do outro lado. Até que consegui, mas só acordei sentada no banheiro, nua com uma água gelada no meu corpo. Nesse dia ela cuidou de mim, me deu remédio para enjoo, e fez um café amargo. Me perguntou o que houve nos joelhos, e eu não disse nada. 
O boy chegou e ela disse, que eu não estava bem. Mas que fez o possível para cuidar de mim, e que eu tinha caído no corredor. ( Eu pensei, boa menina!! ) Depois desse fato eu não fiz mais por alguns meses, eu prometi não fazer nada. Prometi á mim mesma. Mas com o passar dos anos tudo piorou, era laminas todo o dia, laminas toda hora, era dor, era ódio, era rancor, era raiva, era sangue, era Bandagens, era curativos, era tudo... tudo uma grande merda. 
Não sei dizer porque de tudo isso. Eu era tão alegre, eu queria vencer o mundo. Eu queria ter sonhos, eu queria vencer os sonhos, criar metas, vencer as metas. Mas hoje.... Hoje eu não quero nada, eu não tenho vontade de nada. Eu não quero nada, e não procuro nada. Eu não tenho força e ânimo pra nada. A minha mãe via as marcas e se perguntava, o que estava acontecendo. Chegou a perguntar se ele tinha me machucado. Mas ele disse que não, e que nunca faria isso. Eu parei de me machucar no braço, porque não quero, e não queria que alguém achasse isso dele. Mas ela nunca teve coragem de me perguntar nada. Está aqui no meu braço, mas ninguém tem coragem. Eu não me poupei em nenhum momento. Aniversários, Ano novo, Natal, páscoa, qualquer dia, para mim era dia de me machucar. 
Por isso que quando eu vejo alguém se cortando eu logo penso ' Tem certeza que é essa á vida que quer?'. A lamina nunca vai te ajudar em nada. Ela vai traga a sua vida, vai sugar você, vai detonar você, vai te consumir. Ela é ruim, ela má, e quando você se envolve com ela, a sua " pouca sanidade " vai tudo pro ar. Você fica louca, só enxerga a dor. Não importa se o corte é pequeno ou se o corte era fundo. Isso não tem nada haver. 
Já ouvi algumas meninas dizer cada idiotisse. É por isso que eu nunca tinha muitas amigas, ou conhecia muita gente envolvida com isso. Porque tem muita gente com ideias tortas do que é uma auto-mutiladora (o). Ninguém nunca viu meus cortes, a não ser o do braço. Mas quantas vezes eu estava de casaco em um puta calor. Tudo pelo medo de alguém ver. Eu não fui á parques, ou piscina ou praias. Só pra ter ideia, a última vez que fui pra praia eu tinha 18. E minha família, vai todo ano. E eu nunca estou lá, eu nunca vou, e nem posso ir. Porque vão me perguntar, e eu não quero falar. Não é algo bonito, não é algo que quero atenção. Senão eu cortava a testa. 
Eu tenho vergonha do que sou. Por isso eu nunca quis contar, quando fiz o primeiro post apaguei. Não é desta Lua que eu quero falar. Quero falar da Lua verdadeira, a Lua de antes. A que amava a vida, que tinha vontades, a que tinha sonhos. Embora ela não exista, e não está nada fácil de construir ela de novo. Eu caio e recomeço. Eu já pensei em ir no psicológo, mas grana estava curta. Certo dia, eu andei vendo no livro de médicos, porque tenho convênio. E eu tinha uma dúvida se cobre, este tipo de médico. Ouvi dizer que sim, a minha tia precisou visitar o psicológo, quando a neta dela morreu. Mas eu me travei novamente, achando que eu poderia descobrir algo pior. Já tenho históricos desse tipo de coisa na minha família. E se eu passasse lá, provavelmente minha mãe iria saber. Então estou me programando de passar fora do convênio. Mas com essa crise, meu boy estava trocando de emprego. Então tenho que esperar. Mas só de pensar em ter que me " abrir e contar tudo " para alguém que nunca vi na vida. Me deixa em pânico. Mas não posso ficar assim, e por minha conta, com certeza não vou conseguir. Eu quase fiz isso no dia que eu estava estressada. Só não fiz por muito esforço mental. Muito! Mas não sei se vou conseguir de novo. E não quero decepcionar ele, ou me decepcionar.
Neste ano foi a mesma coisa. Mas alguns meses atrás eu fiquei sabendo de uma coisa muito ruim que andava acontecendo com o meu boy. Tão ruim como a auto-mutilação, que mantinha-se em mim. Eu fiz ele me prometer lutar contra aquilo ( não é drogas não tá ) e eu disse que me COMPROMETIA, eu não prometi nada, mas eu disse que ia me esforçar para não me machucar mais. Isso é o que ele queria, ficou tão feliz, e tão radiante. 
Mas eu já caí na " meia promessa ". Eu chorei tanto nesse dia, eu fiquei tão mal. Tão mal por ter caído, fiquei tão mal. Mas ele me beijou, e disse que tudo bem. E que não era pra eu ficar tão chateada assim, e que vicíos são assim mesmo. É com esforço, e com muita luta. 
O que contei hoje aqui é foi um resumo bem leve de mim. Espero que vocês não se afastem de mim. Acabei criando um amor tão grande por vocês. Toda vez que entro e vejo comentários no meu blog, sinto próxima de alguém. Eu peço que não se afastem de mim, por favor. Ah, droga tô quase chorando. Já vou indo, vou ajudar o boy a fazer os exercícios dele. 

Desculpem pelo post enorme. :(

Abraços da Lua 

18 de outubro de 2015

O Desabafo de uma estressada





Bom dia borboletas... 

Eu gostaria de vir com ótimas novidades mas... O meus dias tem sido correria, mas eu já tinha avisado. Só passei estresse nesses dias e eu não lido bem com isso. E o que aconteceu? Comi o mundo todo. Sim, eu comi. Não adianta eu vir mentindo, porque o peso não vai abaixar e eu sei que estaria mentindo pra vocês. E isso eu não quero... 
Na quinta- feira, já começou a bater a raiva, por causa de algumas " folgadas " da minha família. E também tá tudo uma loucura, meu boy está trocando de emprego, a casa ficou uma zona de guerra, e ontem por um bem maior, ele arrumou tudo. Na sexta fui ajudar a minha mãe, e acabei com a coluna. E comi uma porrada de melancia, porque aquele calor só o que matava a sede era melância. Na hora da volta o trem deu uma pani, e eu tive que descer em uma estação. Pegar outro trem, e ficar em pé até a estação que eu tinha que descer. ( ódio mortal )
Ainda tinha umas mulheres que só sabia falar de roupa, e eu sei lá porque estava me irritando profundamente. Chego em casa, tem roupa por todo lado. E uma melancia, mal comida em cima da mesa. Liguei pro boy, e soltei os cachorros. 
Resultado comi vários doces de amendoim, daqueles que parece paçoca mas não é. O detalhe é que eu não gosto. Mas comi aquela merdinha de doce. E depois de tomar banho hiberniei, a louça parecia uma montanha russa. Meu boy, foi na casa da mãe e ela estava na deprê. Conversamos um pouco quando ele voltou, e ele estava com os olhos vermelhos. Provavelmente chorou, mas não quis me contar. ( orgulho de macho alfa ) 
Ontem do nada me deu um treco e fui lá na casa dela. Não sabia o que estava havendo, e ela é uma pessoa maravilhosa. Levei pães francês, e alguns pães doces. Odeio ir na casa de alguém de mão vazia. Ela tomou café, e eu não. Acabei ficando até as 13:50, e almocei com ela. Um almoço simples, mas gostoso. Voltei pra casa, e eu lembrei que prometi á minha mãe, que eu ia ajudar ela á fazer os docinhos de aniversário, do sobrinho dela. ( afffffffffffffffffffffffff) 
Lembrando que o meu problema com a minha prima, que é mãe do sobrinho da minha mãe, já aconteceu desde muito antes de quinta. Fiz mais 150 docinhos ontem, a minha coluna gritava de tanta raiva de mim. Comi uns 3 ou 4 brigadeiro, lembrando que não sou fã de brigadeiro. A grande causa foi o maldito estresse. 
Ou seja a dieta foi lá pra casa do judas, aonde ele perdeu as cuecas. Eu não sei lidar com " pressão " e nem com estresse. Minha rotina é todo dia a mesma coisa, se eu saio disso eu fico louca e f**** toda a situação. O plano era Abc, e abc virou o abecedário da gorda. Tô me sentindo uma pançuda, porque eu comi frango, e eu tipo fico muito mal do estomago. Mas eu estava pouco me fodendo pra isso. Tomei só nesses 3 dias, uns 5 ou 6 remédios pro estomago. 
Estou com uma raiva de mim. Não estou triste como da outra vez, estou com ódio, porque eu sei que posso comer menos, e me controlar. Mas o problema é raiva, e falta de desconta-la em alguém. Por isso acabei sendo super grossa com o boy, só por causa de uma merda de pedaço de melância. E isso porque o menino, só foi até a costureira levar a roupa do trabalho. Mas eu pedi desculpas, e ele me entendeu. 
Ainda não sei o que fazer. As 14 horas eu tenho que ir na tal festa de aniversário do filho da prima. Ele é um amorzinho, mas ela não. Estou ainda sobre forte efeito de remédios, minha coluna ainda dói. E essa porcaria de horário de verão me lasca toda. Minha visão tá um coco, porque não descansei direito. E para não esquecer, ainda fiquei sabendos de uns boatos na família do boy. E que estão falando mal dele. E é por isso, que eu acho que parente bom, é parente longe. E isso que nem temos intimidade com aquele povo, e mesmo assim eles perdem tempo, em lembrar do meu boy. 
Olha eu vou te contar.... 

O plano é comer quase nada hoje. Eu já tomei café, porque acordei cedo. Já que eu tinha resolver umas coisas na net, terminei o post " Tag Quais... ". Ainda tenho umas coisas para fazer, e hoje vai ser um esforço mental. Pra enfrentar churrasco, enfrentar doces, enfrentar toda aquela coisa de " Oi, nossa a bla bla bla ". ( Argh ) 
Eu já deixei de aviso, que antes de 6 eu estaria em casa. Tenho mais o que fazer, e sim eu não gosto de festas. Ainda mais quando tem muita gente, que nunca vi na minha vida. 
Segunda- feira, volta tudo ao normal. Farei uma limpeza, ficarei á base de água flavorizada e apenas isso. E não estou ligando para quem estará em casa. Vou tomar lax hoje a noite, e amanha espero ter limpado, a pança de zé bedeu. ( Não sei quem é zé bedeu, mas apareceu na minha mente). 
Ainda não sei de nada só sei que preciso limpar a minha pança. A minha nojenta e podre pança, e hoje comer o menos possível. Já consegui isso no café da manha, agora só preciso me esforçar até essa festa passar. 

Peço desculpas pelo post enorme. E espero voltar com notícias agradáveis, no próximo post.

Abraços da Lua

Nota: Sobre a Tag, gurias eu adoria que vocês respondessem, pfvr! <3

Tag " Quais ... "


Hey girls...

Eu passei o dia todo fora de casa. Aqui em SP está um calor dos infernos ( eu não sei se no inferno é assim, mas o calor que tá fazendo aqui, me faz pensar nisso). Fiquei perdida, e acabei me atrazando, por não saber aonde era o endereço. Mas consegui chegar por volta das 4 em casa. Mas morta, quase a ponto de ficar lá na frente de casa, caída no meio da rua. ( sem exagero )
Além disso eu dormi muito mal de ontem pra hoje. E fiz algumas estripulias, eu cortei pela primeira vez a minha franja em casa. O meu corte de cabelo é meio de " emo ". Não sei bem explicar, mas eu sempre deixo ele repicado no topo, e atrás em V. E ontem lavei e hidratei e acabei por cortar a franja hahaha. =.= 

Vamos ao post. A Shinobu me puniu hehe, para responder esta Tag. O engraçado é que eu já tinha feito, semanas atrás uma. Mas eu desisti e apaguei o post, antes mesmo de postar. Mas está responderei com prazer.  

Regras
- Colocar a imagem da  TAG e as suas regras
-Nomear de 3/5 blogger para responder á TAG
- Avisar os mesmos
- Colocar o Link do blog que te nomeou;
- E no fim acrescentar uma pergunta tua ás já existentes;



1. Quais a 7 coisas que andam sempre contigo?

Óculos de Sol
Lencinhos
Carteira
Celular
Elásticos de Cabelo
Avamys ( Spray Nasal )
EnxaQ ( Remédio para dor de Cabeça )

2. Quais são a tuas frases favoritas?

" Não vivo á vida. Vivo á dor. "
"Pessoas  tão cansadas mutiladas, tanto por amar como por não amar. "
"Eu estou sozinho de novo exatamente como quando comecei ."- Charles Bukowiski
" Don't make me sad/ Don't me make me Cry. "- Lana del Rey 
" O medo dos términos é tão grande
que passou a evitar começos. "- Fabricio Garcia
" Ana eu te amo até os Ossos. " - ?

3. Qual o blogue que mais visitas recentemente? 

Eu visito todos os blogs, e sempre visito mais, os que são sempre atualizados.

4. Colocar 3 imagens de que te inspirem?








5. Quais teus destinos nacionais favoritos?

Eu gosto muito de ir pra Praia, embora eu nunca coloque um bíquini. Eu gosto de Peruíbe, e Itanhaém e gosto muito de Salvador também. 

6. Qual á música que ouves quando estás sozinha? 

O meu gosto músical é um pouco confuso de se entender. Mas quando estou " feliz " escuto qualquer música que me coloque pra cima. Eu gosto bastante de Seu Jorge- Pretinha/ E Tive Razão!! E quando estou no meu normal, eu adoro ouvir música clássica, de um cara descobri por um acaso. Chamado Lucas King, ás músicas dele é sensacional. Eu já chorei muito ouvindo elas!! <3

7. Quais são as suas 6 atividades favoritas?

1. Assistir Jornal ( é isso aí kkkk)
2. Escrever
3. Ler
4. Limpar o meu quarto
5. Comprar coisas de casa ( eu amo isso demais )
6. Eu adoro água, se eu pudesse eu teria uma piscina. 

8. Indica 3 coisas relacionadas com a moda que são a tua imagem e marca.

1. Eu tive que perguntar para meu boy, porque me fugiu da mente. Mas uma coisa que sempre uso, é All Star, e agora um Vans Bege. Eu amo esse tipo de calçado porque combina com tudo, e tipo é meu " bate troço " como diz o povo da minha terra. kkkkk 
2. Também não sobrevivo sem o meu creminho de rosto de todo o dia. No momento estou acabando com o Natura Chronos peles normais. 
3. Quando me sinto animada eu uso uma Base e um pouquinho de pó compacto. E uma passada rápida de rímel. :P 

9. Quais são os 3 aplicativos do seu celular favoritos?

1. Write Diary: É um diário de celular, e eu tipo A.M.O. Porque posso escrever em qualquer lugar, e cabe muita coisa. 
2. Color Note: É um bloco de notas super fofo, aonde eu geralmente coloco os meus cardápios. 
3. WhatsApp:  É óbvio! <3

10. Quais os teus 3 restaurantes de eleição? 

Eu não tenho costume de ir á restaurantes.


11. Qual foi á maior loucura que cometeste? 

Eu me apaixonei por um cara que conheci em um sala de bate papo. Nessa loucura de paixão, e toda aquela baboseira. A conta de telefone veio mais de mil reais. E nesse dia eu tentei suicidio pela primeira vez. ( Mas calma não foi por isso ) 
Mas foi porque, nessa época meu Pai havia se aproximado de mim. Coisa que ele nunca fez. E eu tinha dado a grande ideia para á minha mãe, pra que ele nos ajudasse á pagar a conta. Já que ele  NUNCA fez nada por mim. E foi nessa coisa toda que descobri, que eu quase morri no hospital. Porque quando eu nasci, eu tive um negócio lá. E nessa época, minha mãe teve que me transferir para um hospital particular. E quando ela pediu pra que ele ajudasse á pagar, ele se recusou. Ou seja me deixou para morrer. 

12. Qual foi o momento mais constragedor da tua vida? 

Eu mal comecei a escrever, e já to morrendo de rir. Foi na época da escola, não me lembro se foi na 7° série. Mas eu estava no pátio, e um pombo do mal, cagou bem na minha cabeça. Mas não foi uma " cagadinha " foi uma baita cagada. Tinha mato mastigado, e sei lá mais o que no meu cabelo. Foi horrível, mas eu só sabia dar risada. 


13. Qual o livro que mais gostate de ler? 

O livro que mais li na vida: Desenhos de guerra e de amor- Flavio de Souza



14. Qual foi a última vez, que fizeste algo pela primeira vez? 

Foi ontem, eu mesma cortei minha franja. :P


15. Já sentiste amor por algum rapaz? 

Se for amor, amor de verdade. Ele está bem na minha frente, fazendo cartões para á mãe dele. Sinto amor, á 9 anos. <3

16. Quais são os 3 maiores sonhos? 

1. Chegar nos 45 kg.
2. Ficar firme na Igreja. 
3. Ter uma família linda, com 2 filhos e 2 cachorros. 


17. Quais são os seus 3 maiores medos?

1. Perde minha mãe ou meu marido. 
2. Não sair dessa depressão, e dessa situação tão triste. 
3. Morrer sem ter tido, a oportunidade de " querer viver ". 


18. Que livro que tu tens na mesinha de cabeceira? 

No momento não tem nada, mas geralmente é meu Notebook. 

19. Não queres morrer sem ...

Ter a oportunidade de encontrar á tal felicidade que todos dizem, e que todos buscam. 

20. Se pudesses " fugir " para fora do país, para onde irias..

Inglaterra, eu não sei porquê mas eu gostaria de fugir, e ficar lá pro resto da minha vida. 

21. Se tivesse que contar uma história ao teus netos qual seria? 

Eu tinha uns 11 anos, e estava de férias na cidade aonde minha mãe nasceu. Eu e meus primos estavamos brincando no terreno aonde meu Avô, tinha pés de Jaca, Mangá, Cacau, e entre outras frutas que eu não me lembro. 
Depois de horas no sol, brincando e correndo. Tivemos a grande ideia de nos refrescar. Forramos uma parte da varanda com plástico, e jogamos água. Até que alguém deu a ideia de jogar sal, para fingir que era praia. ( risos ) 
Eu sei que o negócio começou a queimar. E meu Avô tinha uma caixa feita cimento, e entramos dentro. Dois ferros entraram na minha panturrilha, e mais 2 do outro lado. Peguei uma infecção tão forte, que minha inguá da virilha "pulou" para fora. 
Meu Avô ficou muito bravo com a gente. E minha mãe me deu uns tapas, até hoje tenho a cicatriz do ferro. kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Moral da história: Se vocês estiverem sozinhos, não invetem de entrar numa caixa artesanal. 


A minha pergunta é:

21. Qual é a tua melhor qualidade? 

Os nomeados para participar da TAG: 

1. Um Velho Batom   ( Senhora M. )
2. CecyAguilera Blog ( Cecy )
3. Litle Clouds  ( Sally )

Perguntas, para caso alguém queira copiar: 

1 - Quais são as sete coisas que andam sempre contigo?
2 - Quais as tuas frases favoritas?
3 - Qual o blogue que mais visitas recentemente?
4 - Coloca três imagens que te inspirem.
5 - Quais os teus destinos nacionais favoritos?
6 - Qual é a música que ouves quando está sozinha?
7 - Quais são as tuas seis actividades favoritas?
8 - Indica três coisas relacionadas com a moda que são a tua imagem de marca.
9 - Quais as tuas três apps no telemóvel favoritas?
10 - Quais os teus três restaurantes de eleição?
11 - Qual foi a maior loucura que cometeste?
12 - Qual foi o momento mais constrangedor da tua vida?
13 - Qual o livro que mais gostaste de ler?
14 - Qual foi a última vez, que fizeste algo pela primeira vez?
15 - Já sentiste amor por algum rapaz?
16 - Quais são os teus três maiores sonhos?
17 - Quais são os teus três maiores medos?
18 - Que livro tens na tua mesinha de cabeceira?
19 - Não queres morrer sem...
20 - Se pudesses 'fugir' para fora do país, para onde irias?
21- Se tivesses de contar uma história sobre a tua vida aos teus netos, qual seria?


Observação: Gente este post eu fiz em 3 partes. Porque realmente estava atarefada até os cabelos da cabeça. Mas agora de manhã eu tinha um tempinho, e ainda por cima com á alteração de horário daqui de SP, eu fico meio perdida. Mas farei minhas explicações, no próximo post. Peço perdão se esqueci alguma coisa, ou ficou meio doidas minhas perguntas. Se bem que eu sou doida assim mesmo. 



14 de outubro de 2015

Eu me levantarei



Boa noite minhas borboletas... 

Eu sei que já deve ser o 2° ou 3° post seguido do meu blog. Vou dar uma folga pra ele, e pra vocês hehe. Não quero que enjoem de mim :((
Mas andei pensando, e eu acho que preciso de uma rotina programada. Ontem eu estava conversando com uma amiga, e ela não é Ana. Mas ela conversa comigo sobre tudo. E eu gosto da opinião dela, sei lá nossas ideias se batem. Ela dizia sobre a dieta da Proteína,  eu dizia que queria fazer uma dieta. Algo restrito, pensei na Abc- Modificada. Porém já tentei e não deu muito certo. Eu quero fazer alguma dieta que alterne a quantidades de caloria mesmo. Porque tem algumas que não alternam tanto assim. Pensei, e abri a pastinha de dietas da Lua, algumas vezes. E acabei por me decidir mesmo ficar com Abc- Modificada. É quase tudo igual ao que eu já tinha planejado. Mas haverá algumas modicações. Os nfs eu vou encaixar nos dias que estiver em casa sozinha. Porque tem menos possibilidades de jacamento*. ( Não existe essa palavra e sim, eu inventei ) 
A meta é cumprir os 50 dias, comendo apenas as calorias permitidas. Me indicaram treinar todos os dias, deixando apenas sábado e domingo de folga. Estou até animada em treinar junto com alguém. Hoje eu treinei, e estava me sentindo ótima. O treino está certo, agora é só acertar as quantidades de calorias. Os alimentos já estão listados, e marcados. Amanhã farei uma listinha e eu vou colocar na porta da minha geladeira. A meta continua a mesma, e eu vou colocar as calorias no lado direito. Mas vai ter a seguinte legenda: ABC* assim vai ficar mais bonitinho e fácil de entender. 
Estou querendo " deixar o barco ir " sem pensar em jacar, ou que não vou conseguir. Não gosto de pensar que nada é impossível. E eu preciso ser mais positiva comigo mesma. Se eu fechar o ano abaixo dos 56 eu estarei bem feliz. Não tão feliz, mas estarei " melhor ". E me da raiva pensar em todas as merdas que aconteceu esse ano. Em como eu me deixe levar por coisas tão fúteis e como percebi que sou muito infantil e boba. Mas a Lua nasce todos os dias, e eu vou estar mais firme. Eu sei que posso vencer. E vou vencer, não deixarei as coisas como estão. Vou ser firme como uma rocha, nem que pra isso, tenha que tatuar a cara com palavras motivacionais. Hehehe ... 


Eu sei que todo mundo já conhece. E inclusive eu postei ela como exemplo lá no " Espaço para Anas & Mias". Mas eu quis anexa-la aqui, pra ficar bonitinho. ( sou boba =.= ) Eu também vou parar de pesar de maneiras irregulares. Vou me pesar todo Sábado de manha. E ponto final!! Chega de neuras ninguém merece viver assim. Eu preparei a minha mente durante o treino, dizendo para mim mesma que eu posso termina-la. O negócio ficou até sério, porque eu queria encontrar alguém que terminou e eu não encontrei. Mas vou termina-la, e espero que eu não erre nenhum dia. Confiança é a chave do sucesso!! 

Então boa sorte pra mim, e boa sorte pra vocês!! 

Abraços da Lua <3 




13 de outubro de 2015

Tired



Boa noite Borboletas...

Post de atualização de alguns assuntos: 1. Estou com nariz todo ferrado, não sei se é a gripe, ou a Rinite querendo me levar pro túmulo. 2. Voltei com a dieta, e eu estou firme. Tem poucos dias, e preciso me concentrar. 3. Me irritei com o guarda- roupas, porque é roupa pra dar e vender, e não tem espaço nenhum. Preciso me programar, para me mudar e ter um Closet, urgente. Odeio bagunça. 4. Caminhei por muito tempo, umas 3 á 4 horas. Cheguei em casa com bolhas, e muita dor nas pernas. 5. Fui muito bem hoje, porém não bebi a quantidade de água necessária. 6. Preciso meditar, pelo menos todas as quintas, que eu posso e vou emagrecer. Trabalhando a mente, eu consigo e posso fazer qualquer coisa. 7. Tenho dois post no blog " Espaço para Anas & Mias " me esperando, preciso arranjar tempo para terminar. 8. Sobre o post de 11/10 eu não estava bem. Precisava desabafar, antes que a dor me engolisse. Foi por isso que eu editei ele, e escrevi tudo aquilo. 9. Agora vou indo estudar. Mas eu volto para dar uma olhada nos blogs, que foram atualizados hoje! 

Agradeço á todas pelo carinho!!

Abraços da Lua 



11 de outubro de 2015

Máscara - Editei

Boa noite... 
Gostaria que fosse um pouco melhor mas tudo bem. Eu tive alguns deslizes, nesse fim de semana. Não foi uma compulsão, mas vai me gerar problemas eu acho. Ontem virei a noite vendo filmes, perdi o sono, e acabei comendo umas coisinhas. E tipo, eu não devia. Para não me causar pânico, evitei contar o prejuizo. Hoje foi muito melhor que ontem. Mas amanhã eu tenho uma prova de fogo. Minha mãe fará uma tal receita de Joelho Carioca, e é massa pura. O meu desafio é não comer, será que eu consigo? Não sei... 
Está semana preciso ser mais restritiva. Não sei bem como eu vou fazer, mas vou me esforçar para isso. E tentarei fazer exercícios pelo menos 4 vezes na semana. Eu  preciso vencer o desafio dos 5, e eu ainda tenho bastante tempo. Então força! 

--
23:13

Tira essa máscara de que está tudo bem Lua. Este blog, foi criado para você se abrir, e desabafar. A verdade é que estou com medo. Estou com medo de não conseguir emagrecer, estou com medo de continuar gorda. Estou com medo de ser gorda para sempre. E não é culpa de ninguém, a culpa é minha, é eu que sou essa coisa nojenta ambulante. Estou tão cansada. Essa merda de situação suga toda a minha vitalidade, se é que tenho alguma. A vontade é de machucar, e ficar caída em qualquer lugar no meio da rua. Vontade tirar todas as minhas tripas para fora, e retirar tudo que não é útil. Porcaria de número maldito, que me aprisiona. Porcaria de t.a que não me deixa, ter um relacionamento normal. Porcaria de t.a que não me deixa comer, em paz. Tudo são números, tudo são contados, tudo em volta de uma balança, que não me mostra os números que eu quero. Droga! Droga e droga, a minha vontade é de me corta, e fazer ser magra a qualquer custo, nem que eu tenha que cortar tudo. Merda de vida....



10 de outubro de 2015

Organizando á Casa


Olá bom dia.. 
Não vou 'entrar' muito no assunto, para não me estender porque o post por si só é grande. Ontem foi horrível. Eu estava tão mal, tão chateada que acabei deixando a dor e o desespero tomar conta. Estou ferida, por dentro e por fora. Me sinto muito deslocada, e sem ânimo. Parece que ontem um ladrão veio, e sugou tudo aquilo que eu tinha. 
Não é nada em relação á comida. É emocional mesmo, toda a situação. Até minha mãe ficou com dó de mim. Eu percebi porque ela queria que eu saísse com ela,  mas não eu quis. Não tenho ânimo, para sair. E se eu fosse, iria ficar com cara de bunda, e eu não gosto disso. 
Estou mudando de alimentação novamente. Resolvi tirar os pães pesados da minha vida, e outros alimentos que não gosto, de ter na dieta. Eu já tomei café hoje porque eu não comi ontem, eu não consegui comer nada. Mas hoje não vou almoçar e nem lanchar, e consequentemente nem jantar. A lista estará valendo a partir de amanha. Eu já fiz a compra do mês ontem, então a casa está abastecida. Agora é só se manter  na linha. Minhas pesagens serão na quarta e na sexta, porque estou ficando com a neura de se pesar todo o dia.  
Estou confiante, mas preciso me esforçar mais. Preciso queimar calorias, ao invés de ingerir. Por isso que os exercícios tem que ser prioridade. Nem que eu faça apenas alguns minutos, mas não posso deixar de fazer. Por enquanto é só isso, se eu me lembrar de outros alimentos, que são proibidos ou permitidos eu volto aqui. 



Lista de Alimentos que estão Proibidos

Pães ( de todos os tipos)
Bolachas recheadas
Margarina ou Manteiga
Massas ( de todos os tipos)
Embutidos, só os light ( mas se puder evitar melhor)
Bebidas Alcoólicas 
Refrigerantes 
Chocolates ( exceto o Meio Amargo)
Salgadinhos de Milho 
Amendoim
Farinha e Farofa
Carnes gordas
Arroz Branco

Alimentos Permitidos no Café da Manha
Frutas ( até 100 kcal)
Bolachas de Sal ( até 5 )
Café Preto com adoçante 
Leite ( meia xícara )
Toddy Light ( 1 colher  de sopa rasa)
Torradas ( até 3 )
Geléias sem açucar 
Requeijão Light 

Alimentos Permitidos no Almoço
2 colheres de Arroz Integral
Verduras ( evitando a Batata)
Hortáliças
Carnes Magra (tamanho sempre pequeno)
Feijão
Grãos 
Peixe 
Sopas 

Alimentos Permitidos no Lanche
Gelatina
Torradas 
Sucos zero
Chocolate Meio Amargo ( 2 cubos)
Bala Light
Coca - Zero ( Nf)
Água H2O
Água Flavorizada

* Opções de alimentos, usando o bom senso*

Rotina
Café da Manha: das 07:00 ás 8:40
Lanche: - 
Almoço: 12:00 ás 13:40 
Lanche: 15:00 ás 17:40 
Jantar: - 
Ceia: -  ( Chás )

Exercícios
3 vezes por semana
Caminhada
Circuito de Exercícios
Dança
Abdominais 

Pesagens
Quartas ( de manha )
Sexas ( de manha)



Abraços da Lua 




8 de outubro de 2015

Coração Ferido




Eu te disse pegue á minha mão.
Eu estarei contigo, não posso estar fisicamente, mas nossas almas serão interligadas.
Eu colocarei a minha mão no teu coração.
Ele está envolto ao sangue escuro.
Ele está sentindo dor... Eu sei.
Mas não deixarei ele jogado assim.
Colocarei ele dentro do meu, e iremos estar juntas para sempre.
O teu interior está machucado, ele está ferido como um soldado que foi para guerra...
Não tenho muito para oferecer eu sei...
Até porque eu também estive na guerra.
Mas o laço vermelho, que está na ponta do seu dedo, está no meu também.
E eu te digo, não é pacto, porque soa de maneira feia.
Mas eu te digo, que é amor...
Amor por alguém que nunca conheci...
Amor por alguém, que talvez eu nunca irei conhecer...
Mas quem foi criada para amar, amará sem fronteiras...
Amará sem limites...
Não me importo com a distância, ou com a falta de algo que não foi construído por meio visual.
Dizem que o só o ato de amar, já é a maior prova de amor.
Estamos feridas eu sei, mas se juntar o meu coração com o seu ...
Poderemos vencer mais uma guerra...

Poema, escrito depois de eu ter lido um post. Se a pessoa pensar um pouco, saberá que é pra ela. Ela está no nosso meio... Espero que saiba que é para você!

Autora: Lua

5 de outubro de 2015

Post- Curto ² ( Dieta- )

Hey girls... 
Eu não gosto de fazer dois posts no mesmo dias, mas... Eu gostaria de atualizar as coisas sobre a dieta. Hoje foi um pouco mais complicado, mas de pouco em pouco eu chego lá. Até agora foram (1,5 kg ) estou ficando animada!! Hoje a minha mãe insistiu em fazer bolos, e eu por um acaso lembrei de um bolo mais " ligth". Mas mesmo assim ela ainda fez um bolo de fúba. ( affff ) 
Comi um pedaço do bolo de iogurte, mas fiquei com peso na conciência e fui queimar as calorias. Eu pensei em miar, mas... Eu vivo dizendo que não é a melhor saída, como é que eu ia vir aqui e escrever eu tive que miar. ( não pode né )
Hoje eu fiz caminhada de quase duas horas. E mesmo cansada, eu fiz exercícios em casa. Achei um circuito de exercícios que diz que elimina 300 kcal. Olha eu não sei se é verdade, mas eu fiquei super cansada. Depois do exercícios, eu não comi nada. Para ser bem sincera, eu nem bebi água ainda. 
Estou me sentindo muito mais FORTE. Não sei bem explicar, como adquirir essa força toda mas... Estou gostando, e espero continuar ainda mais forte. A meta está bem pertinho dos meus olhos, até posso me ver magrinha. 
Para as meninas que estão com foco em Outubro! Muita força meninas, vocês vão alcançar todas as metas que quiserem, tenham fé e força!! 
Nota: Provavelmente agora ficarei um tempo sem postar, mas eu sempre atualizo as calorias de outubro ( Calorias de Outubro & Metas ' lado direito' ) todos os dias!! 
: Eu coloquei dois, porque um foi de manha ( caminhada) e outro ( Circuito ) foi agora a tarde. 
Abraços da Lua 

Editando 06/10 * Rotina Alimentar *

Nota de Terça: Olá, eu abri uma pequena nota de terça, para dizer que não vou mais jantar. Aliás já não estava comendo a janta, mesmo.  O limite de calorias é de 500 kcal, e a meta é comer menos. Tentar fazer 2 dias de exercícios. 

Rotina
Café da Manha 
x
Almoço ( Refeição " normal " )
Lanche ( Permitido Frutas/ Sucos/ Torrada)* 
-

Memórias de Lacey Mor



" Os céu está cinza. É uma cor que me agrada, não me considero uma pessoa de cores quentes. Sento, perto da janela do meu quarto, a xícara de café me esquenta nos dias frios. A corrente de ar que entra pela janela, bate nas minhas bochechas e congela meu rosto. Estou com aquele velho casaco de lã, que minha mãe me deu no natal de 99. Ele está quase todo deslinhado, mas eu gosto dele desse jeito mesmo. Pupi, vem me fazer companhia. Até ele fica emocionado, com o tempo perfeito que está lá fora. Ele é um bom gato. 
O meu café me transporta, para um lugar que eu não estava esperando. Um filme do passado passa rápido pela minha mente. Gritos. Brigas. Um cheiro de fritura velha no ar. Não foi minha culpa, eu não tenho culpa. Lembro que subi as escadas correndo, e que desabei no meio da cama mal feita. De lá de cima, eu ainda ouvia as acusações. Um jogava a culpa no outro, tinha minutos que parecia uma eternidade. Minha mãe, que sempre tinha fôlego para discutir. Está chorando, e meu pai não para de culpa-la. Por que tem que ser sempre culpa de alguém. Naquela noite minha mãe, fraca do jeito que é. Arrumou todas as coisas, até os bibelôs que eu dei para ela no dia das mães ela levou. Me deixou um bilhete do lado no meu noteebook: " Não aguento mais. Eu não consigo mais. O que eu tinha que fazer eu já fiz. Estou indo embora, adeus. Eu te amo." Eu te amo? Ela nem se quer me acordou, simplesmente foi embora. Eu sempre achei fácil demais falar ' eu te amo'. O difícil era provar. Desde que ela se foi, meu pai começou a beber mais. Trazia mulheres para dentro de casa. Eu conseguia ouvir, os gemidos. Ele me dava nojo. Como ele podia trazer uma mulher para dentro de casa? Mas era como ele dizia: " Um homem não pode ficar sozinho."Foram anos difíceis. Depois de 5 anos sobrevivendo, meu pai teve um fim trágico. Ele não sofreu pela minha mãe ter ido embora. Ele se se sentia orgulhoso, mesmo querendo que ela voltasse. Ele achava que transando com outras mulheres, poderia esquecer ela. Mas isso não aconteceu. Em um dia de domingo, eu acabava de chegar em casa das minhas caminhadas. Notei que a porta estava aberta. Meu coração apertou, e eu senti uma pontada no estômago. ( Poderia ser a fome, já que eu estava no meu 4° dia de Nf) Respirei fundo e abri a porta. Meu mundo desmoronou naquele dia. Meu pai estava sentado em sua poltrona. Tinha várias gafarras de Whisky barato, alguns cigarros não terminados. E uma arma no chão. Tanto sangue. Porquê? 
Passei anos  me culpando. Passei anos me destruindo. Eles não me entendiam, eles não faziam um mínimo esforço para me entender. Minha mãe desistiu, e meu pai desistiu. Orgulho é algo que fere, o coração do homem. Depois de todo aquele martírio, de enterro e velório. Minha mãe voltou para casa. A nossa relação de mãe e filha, que já não era muito boa. Ficou pior. Era como se eu morasse com uma estranha. Mal nos falavamos, era sempre muito pouco. Geralmente, ela fazia as mesmas perguntas: ' Você está indo para o psiquiatra?', ' Você anda se alimentando?'. Não importava o que eu dizia, podia ser sim, ou não. Ela não me ouvia, e eu não fazia esforço para falar.

Anos depois. Eu acabei sendo internada pesando quase 39 kg. Minha mãe ia me visitar, e dizia que eu tinha que mudar, e que eu poderia morrer. Nós choramos algumas vezes, e eles me me encheram com comida. Ganhei 8 kg á mais, e estava louca para sair daquele lugar. Mas assim que cheguei em casa, já comecei a planejar minha perda de peso. Ela viu que meu rosto afinava, e não dizia nada. Só me observava. Quase nos 39 kg. Volto da faculdade, e tem um bilhete em cima do balcão. Eu já sabia. 
Não fiz nem questão de ler. Subi para meu quarto, e passei pelo dela. Havia vários cabides pela cama, e não tinha mais o bibelôs. Ela foi embora...

Tomei 5 comprimidos, e dormi por horas. O telefone tocou, tinha várias mensagens no meu celular. Eu não queria ler, e nem muito menos atender o telefone. Tomei mais 5 e voltei a dormir. Virei dias dormindo, eu apenas levantava ia no banheiro e dormia de novo. Mas em um desses intervalos, eu me lembrei do meu pai. Lembrei que ela fez o mesmo anos atrás.

Depois de 3 dias fugindo da realidade. Fui até a farmácia, e furtei os remédios para dormir. Fiz uma pequena limpeza na casa, afinal eu não queria que encontrassem toda aquela bagunça. Tomei uma banho longo, e tentei me limpar o máximo que pude. Contei quantos comprimidos eu tinha, uns 58 na minhas contas, tomei todos de uma só vez. E escrevi uma pequena carta...

" Mãe. Você foi uma boa, esposa e uma boa mulher. Mas como mãe, não. 
O meu pai era um cafageste mas ao contrário de você, ele não me abandonou. 
O suicídio dele foi porque ele não aguentou a dor de perder você. 
Mas ele era orgulhoso, e o orgulho o matou. 
Você sabe que é difícil para eu me alimentar, e eu preciso ser magra. 
Eu cheguei aos 38 kg, e estou adorando isso. 
Mas mesmo em um peso lindo, não consigo ser abandonada novamente. 
Eu limpei casa, foi difícil mas limpei. 
Estou cansada de ter sido abandonada por você tantas e tantas vezes.
Foram duas você acha? 
Não. 
Todos esses anos você simplesmente, me aguentou. 
Eu sei que você traia o meu pai.
Não achou que ia perceber aqueles e-mails não é? 
Meu pai era cafageste, mas foi cafageste depois que você foi embora. 
Mas eu ainda acho que você foi uma boa esposa. 
Seja feliz. 
Meu pai já se foi, e eu estou indo encontra-lo.
Vamos contar várias histórias.
Será que no paraiso poderei pesar 38 kg? 
Espero que sim.
Me desculpe por ter sido uma péssima filha. 
Eu gostaria de ter tido uma outra chance. 
Mas não tenho mais tempo, os comprimidos faram efeito em pouco tempo.
Adeus. 
Com amor, sua única filha Lacey Mor."

...... 

Vocês devem está se perguntando mas então quem está contando está história? Sou mesma a Lacey. Minha mãe chegou a tempo, e me levou para o hospital. Quando acordei depois de 10 dias, ela me abraçou e disse que me amava. E que não ia aguentar a segunda perda. Neste dia em diante, estamos mais próximas. Ela me faz coockies, e eu faço chá de gengibre. Prometi á ela que eu ficaria nos 45 kg, e ela me prometeu não me abandonar. Eu descumpri a promessa. Mas ela não. Eu fiquei feliz por isso. Compramos um gato, e nome dele é Pupi. ( Eu já te disse isso?) Era o apelido do meu Pai. Ela me contou que não traia me pai, ou melhor que não chegou a trair. Ela realmente havia se apaixonado por outro homem. Mas não chegou de fato a ir ve-lo. Ela queria salvar o casamento dela. Eu pedi perdão pelas acusações. Fizemos terapia juntas, e hoje ela não é mais uma estranha, ela é minha mãe. Ela me disse que nunca mais vai se casar, pois ela também queria ter reatado com meu pai. Mas no dia que ela se decidiu, foi tarde demais. Eu não percebi, mas ela sofreu muito. Aquele silêncio, foi o luto contido que ela sofreu. Ela não queria que notasse que ela chorava a noite toda. Ela me abandonou da primeira vez, porque não aguentava ver o que eu fazia comigo mesma. E da segunda vez ela fez pelo mesmo motivo. Eu entendi ela. Não deve ser fácil ser mãe de uma anorexica. Hoje vivemos em um chalé perto das montanhas. Nós saimos daquela casa, porque ela estava manchada de sangue, e de brigas. Queriamos uma vida nova, e cá estamos vivendo. Vou ao grupo de apoio uma vez por semana. Tomo os meus remédios no horário certo. Ás vezes eu me pego emagrecendo, mas logo lembro de tudo o que houve, por causa dos 39 kg. Eu ainda amo os meus ossos, e com 45 é difícil ver eles. Mas eu amo a minha mãe, e se ela está feliz. Para mim isso basta.... 

Fim.


Recado da Lua: Obrigada, pela paciência de ler o post inteiro. Peço, desculpas pelos erros ortográficos, e outras coisinhas mais. Eu apenas acordei com essa história na minha cabeça e resolvi escrever. Os personagens são Ficticios, e eu não conheço a Lacy, mas ela deve ser uma fofura de pessoa. Tentei encontrar uma imagem que retratasse a Lacy, olhando pela janela e tomando o seu café, mas acabei encontrando poucas imagens bonitas. Mas este desenho é bem bonito, e até que combinou. :) 
Autora: Lua