23 de outubro de 2015

Minha cólera



" Eu me negava á enxergar a verdade. Eu mesma me enchia de palavras mentirosas, eu mesma me ludibriava com palavras cheias de mentiras. Será que eu gosto da dor? Será que eu não fui verdadeira comigo mesma? É minha culpa? 
Não. 
Eu me nego á dizer que foi minha culpa. Eu me nego á crer que eu mesma fui o fardo. Eu não merecia isso, eu não merecia isso... 
A culpa foi sua.
Você é o engano. Você é a pessoa que enganadora. Você é que profere mentiras, você é que é a dona do coração envolvido em mentiras. Você me enchia de palavras doces, mas que no fundo era amargas. Você me enchia de ilusões, mas no fundo era um joguinho. Eu te dei um mundo, eu te dei o meu coração. Mas você usou como bem entendeu. Você cortou todas as pequenas linhas que costurei. Você cortou, você massacrou, você quebrou, você destruiu tudo que eu construir. Eu me culpei, eu repetia para mim mesma, que foi tudo minha culpa. 
Mas eu enxerguei, a pessoa enganadora, que você é. 
Eu te odeio. Eu te odeio com todas as forças da minha alma. Eu gostaria de fazer aquilo que fez comigo, Cortar todos os fios que você costurou no seu coração. Mas eu te digo, em um voz enraivecida, que tudo o que fez para mim, te desejo em dobro. O mundo te fará ver que aquilo que você faz, e fez, você vai pagar, e com juros. 
Não entregarei... 
Não entregarei nunca mais o meu pobre coração. Porque ele foi o que mais sentiu, ele foi o que mais quis morrer. Eu o peguei nas mãos, quase falecido. Eu o abracei, e consolei. Não tem mais volta o que eu fiz. Mas morrerei dizendo que você é a pior pessoa que já conheci. 
Quando eu a escuridão tomar o meu corpo, e a morte me abraçar lentamente. Morrerei proferindo palavras de ódio, morrerei desejando toda  á dor que eu sentir. 
Não esqueça...
Posso ter sido fraca. Por não ter lutado por mim mesma, mas cada palavra e letra que sair da minha boca. Serás de puro rancor por ti. Destruidora da minha alma... " 

Autora : Lua Ana & Mia 



Atualizando 


Olá meninas... 
Ontem eu tinha planejado vir aqui mas, me deu uma crise de sono. E eu dormi das 19 até hoje de manhã, acordei por volta das 7:40. Hoje começo os ciclos de lf, e vou voltar á atualizar no canto direito. Minha mãe não fez a torta, mas vai fazer pavê. ( ~ .~ ) 
É sério isso? Só ela, e ela nem sabe que estou de dieta. Então é complô do destino mesmo. Tô meio sei lá, meio nada, meio tudo, meio cheia, meio vazia. E por isso já vou indo... 

Nota: Senhora M. já respondi seu email desde ontem. 


Abraços da Lua 

6 comentários:

  1. Olá Lua!
    O título já bastante convidativo, e o texto é bem único, eu gosto desse seu lado meio gótico.
    Obrigada por responder o e-mail, retornarei assim que possível. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, nunca vi como lado gótico. Mas sempre fui muito " amante " da morte. Eu costumo dizer, que meu nome devia ser melancolia, ele entrou em mim, e parece não sair mais.
      Okay.

      Beijos ^^

      Excluir
  2. Manda esse texto para o meu ex... Mas eu já falei coisas mais sentimentalmente pesadas para ele... E nem dá mais :'(
    Obrigada, to depre ┌(˵༎ຶ ل͟ ༎ຶ˵)┐

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita.
      Cecy parece que se coração não se curou ainda.... ://

      Excluir
  3. Palavras sempre profundas, mexe comigo, eu amo isso <3

    ResponderExcluir

Gentiliza gera gentileza, por favor respeite meu diário. Deixei seu nome e o do seu blog, que lhe faço uma visita assim que puder.
Obrigada <3