24 de outubro de 2015

Words hurt


Eu não queria vir hoje aqui. Para ser sincera eu não queria mais vir aqui, e nem ir a lugar nenhum. Estou cansada, realmente cansada. Poucas coisas dão certo na minha vida, a grande parte deu errada. Não tem mais niveís de força em mim. Estão todos lá embaixo, a 7 palmas da terrra. Ontem eu tomei alguns comprimidos e deitei. Me fiquei brava, levantei. Fiquei jogada na sala de estar, no chão frio. A cachorra, veio querendo carinho. Mas nem carinho pra ela eu tinha. Espantei ela pra longe. Algumas lágrimas caíram ... E a droga da minha mente... 

Porque? Porque? 

Eu odeio isso. Eu odeio me senti fraca, me sentir idiota, me sentir burra. O que foi que eu fiz para ser tão massacrada? Eu devia ter morrido naquele dia. Não devia ter nascido. Eu me odeio. Eu sou um leitão. Uma porca. Uma imunda, nojenta. Hoje minha mãe foi super grossa comigo, para ela foi um comentário normal, mas pra mim... 

Mãe: Você não acha que já comeu demais não?

Sério? É sério isso? Eu sempre como a mesma merda de quantidade no café, ela me diz isso? Ela acha que não magoa, ela acha que é normal, mas não é. A vontade é de enfiar dois dedos na garganta e miar tudo que eu comi nela. Nunca mais eu vou me alimentar na frente dela. NUNCA. Porque receber este tipo de comentário, ainda mais sabendo que eu sempre como, a mesma merda de quantidade, ela me vem com isso? 
Será que ela não sabe que cada merda de letra fica na minha cabeça. E que se me fala alguma coisa, essa merda nunca vai sair. Que raiva. Gorda. Gorda, nojenta. Gorda! Eu me detesto. Eu me olho no espelho e vejo banhas. BANHAS. Só isso. Hoje quando fui me vestir vi uma mulher ridicula no espelho, cabelo feio, olhereiras, pernas do tamanho de um elefante, pança cebosa. Que horror. Ai pra piorar vejo uma moça magra, e de lá de longe eu via o vão entre as pernas dela. Inveja? Não, porque eu não sou esse tipo de pessoa. Mas sim, eu me senti uma baranga. 
Estou tão triste, mas tão triste. É deprimente, ver aonde que eu cheguei. Eu não sei se eu consigo dessa vez.. eu não sei.

26 comentários:

  1. Sabe Lua, você não deve ficar tão chateada com o que sua disse... Eu sei que para nós que sofremos com TA tudo parece pessoal. Mais acredito que te magoar não tenha sido a intenção dela, ao que me parece vocês tem um bom relacionamento, mai posso estar enganada.
    Eu também não acho que deva se odiar porque comeu além no seu próprio limite. Eu sei que controlar os pensamentos as vezes é muito complicado, mais é preciso saber ponderar.
    Não quero que desista do seu blog porque não está em uma boa fase Lua - sem trocadilhos - mais só você sabe o que será o melhor. Gosto muito de vir aqui e ter notícias suas, me sinto muito bem aqui.
    Ultimamente consigo sentir nas entrelinhas que você anda meio apática e triste. Mais de verdade eu torço por sua melhora, torço pra que alcance suas metas.
    E mulher, você não é um leitão. Você é muito sábia, tem estilo, é determinada, mais como eu disse é preciso saber ponderar, nem sempre você terá a mesma força, existem dias maus para todos.
    Se cuida, e não vá embora da blogosfera. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu penso em desistir do meu blog.
      Não está dando para aguentar mais. A vontade real é acabar com tudo, eu tento, tento ser positiva. Mas realmente não está funcionando.
      Nada está funcionando.

      Excluir
    2. Só você sabe o que é melhor! Mais agir com a cabeça quente não resolve problemas.

      Excluir
    3. Não é cabeça quente. ( entendo que cabeça quente é estar nervosa, ou brava )

      Estou deprimida. Magoada comigo mesmo, e com os outros. Chateada, perdida, confusa, consternada... e assim por diante. Essa coisa de t.a e ouvir essas coisas mexem demais com a minha cabeça. E ela já não é boa, aliás ela é droga.
      Realmente eu não sei o que fazer. Só não quero ficar desse jeito, mas tá quase impossível. Tudo tem acontecido, como uma avalanche de coisas ruins...

      Excluir
  2. Eu estou odiando te ver assim, mas posso te pedir uma coisa ?
    Não desista, certas coisas demoram algum tempo, não é fácil, é uma luta diária, vai ficar tudo bem, você não está sozinha, eu estou aqui, eu sei que você vai precisar de uma amiga, e você sabe, esse tipo de coisa pode acontecer, todos nós deslizamos na vida, erramos, infelizmente, isso acontece, mas encontre a força ai no seu coração, eu sei que você ainda tem, estás cansada, por isso não consegue ver, acredite você não jogou tudo fora, comece de novo, se cair, comece quantas vezes for preciso, um dia todos nós chegaremos lá, eu acredito em você e no seu potencial .

    Por favor se cuida, não chore mais, eu tenho certeza, VOCÊ ESTÁ LINDA, MUITO LINDA, MARAVILHOSA .

    Um enorme abraço <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chegar aonde? Não tem aonde chegar... Talvez nunca teve um caminho. Estou muito cansada, não durmo bem á dias. Olho pro teto e vejo lampadas no escuro. Elas me fitam e ficam lá. Me sinto um coco, um coco mesmo. Sem utilidade, sem nada.

      ( obrigada ) <3

      Excluir
  3. Same here. Minha mãe fala e ainda me entope de comida. É como mandar eu correr e me acorrentar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ás vezes parece que as nosssas mães, estão contra nós ao invés de á favor. Ontem eu vi uma menina com uns 10 anos, gorda, goooorda. E o que a mãe fez deu sorvete, em pleno frio pra garota.

      Excluir
  4. não desista do blog,pq ele ainda dá ânimo,esse foi o único jeito q achei de me expressar e encontrei tantas outras q passam O MESMO q eu ,vc está sensível,o comentário da sua mãe foi sem limites mas não absorva isso pra vc ,são apenas impedimentos,a estrada é cheia de pedras mas não podemos tropeçar nelas ,ainda há tempo de vc ir dar um beijo na sua cachorra eu sei q ela guardou o bjo pra vc ir buscar ,levanta a cabeça Luazinha e brilhe pra mim ,querida ,eu já pesei mais de 100 kg eu me sentia observada o tempo td.. mas depois q eu fiz uma reeducação alimentar td mudou (a ana veio depois querida) não desista da sua felicidade ,não podemos nos conhecer mas eu sinto amor ,respeito e carinho por ti ,eu e tds q vem ak comentar. fica na paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. [...] não podemos nos conhecer mas eu sinto amor ,respeito e carinho por ti [....] - que coisa fofa.

      Obrigada!

      Excluir
  5. a seleção de musicas q vc deixou me acalmaram e estão tocando um tempão ak ,vc é um presente pra mim:)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anw <3

      Eu amo músicas assim, os meus dias tem sido. Sempre assim!!

      Excluir
  6. É, palavras podem destruir uma pessoa.
    E às vezes essas palavras ficam rodando a minha mente, parecendo ter vida própria e me fazendo sentir um verdadeiro lixo (mais do que eu já sou).

    Por favor não desista, você é uma pessoa muito querida, muita gente ama você e seu blog, não se esqueça disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentários assim destroi qualquer alma. Ainda mais aquelas mais feridas....

      Obrigada. <3

      Excluir
  7. Acho que dado o historial, foi um pouco lamentável da tua mãe fazer esse tipo de comentário mesmo que não tenha sido por mal. Sei que não é fácil mas tens que ignorar e libertares-te desses pensamentos mais depressivos.
    Força querida!
    <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem lamentável ...
      E hoje ela veio cheio de histórinha, mas ela sabe, que mesmo eu tendo esse lado infantil. Eu já sou adulta o suficiente, pra saber que ela está fingindo.

      Obrigada.

      Excluir
  8. Por acaso percebestes que tem anúncios do youtube no áudio da tua playlist?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, não sei porque agora está com isso. --'

      Tô pensando em tirar de vez...

      Excluir
  9. Eu sinto que precisa de um abraço. De alguém que possa te passar um pouco de confiança e te dar esperanças.

    Lua porque você traz a presença da ana pra mim?

    Você não sabe como é estranho quando entro no seu blog leio seus posts e sinto o quarto gelar e fluir aquele cheiro de canela e gengibre.

    Pareço louca, eu sei.

    Só acho que você tem uma missão, não abandone o blog. Seja forte. Tudo o que passamos nos traz aprendizado.

    Continue seu caminho, se não tem mais força siga pela curiosidade. Como saber onde tudo vai dar?

    Estou contigo ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Any, que diferente isso.O.O
      Não sei dizer se isso é bom ou ruim. ?

      Que linda, aaaaaaaaaaaaaaaaah ;)

      Obrigada anjo.

      <3

      Excluir
  10. Ah! Tenho 18 anos e sou de capricórnio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uh, eu chutei em Virgem.
      Mas pessoas de capricórnio são bem, como posso dizer... Procura sempre fazer o melhor, do melhor.

      Excluir
  11. Se você deixar pensamentos negativos te colocarem no chão, você vai ficar lá e ninguém vai tirar, porque os maiores assassinos no mundo são nós mesmos contra nós mesmos
    Minha mãe também é assim, vive falando que meu corpo mudou, que eu não sou mais a menina magrinha que eu já fui um dia, que eu como que nem uma baleira... E o que eu digo: Eu concordo... Fazer o que?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na hora eu nem tive reação.
      Me deu um enjoo ( eu já sou o enjoo em si ) porque vivo sempre com enjoo. Nem sei o que será de mim quando eu ficar grávida ~ um dia ~ ( bem longe ) !

      Mas sei lá, tem coisas que as pessoas deviam não falar. Porque eu sei o que como, e quando como. Não preciso levar esporro de alguém, que também nem se controla... Mas preferi ficar de bico fechado.

      Excluir
    2. Minha mãe foi a primeira a perceber quando eu ganhei uns quilinhos (talvez a unica), na mesma época ela começou a fazer dieta... antes na época que eu era mais magra ela vivia o dia todo de chamando de anoréxica feia, agora ela me chama de obesa e fala que eu como demais
      Mãe é assim mesmo, e elas acham que tem direito de falar porque "é para o nosso bem"

      Excluir
    3. Que atitude desagradável.
      Nem tudo é pro bem, por isso que muitas pessoas procuram outras coisas, e ficam em uma situação complicada.

      Excluir

Gentiliza gera gentileza, por favor respeite meu diário. Deixei seu nome e o do seu blog, que lhe faço uma visita assim que puder.
Obrigada <3