27 de dezembro de 2015

Autodestruição





Eu apenas queria alguém para conversar. Alguém que tirasse apenas 10 minutos do seu tempo, para me ouvir. Mas quem quer ouvir uma menina como eu? Ninguém. 
Eu sei que sou negativa sobre absolutamente tudo que rodeia á minha vida. É o meu jeito, é o que eu sou e sempre fui. Mas mesmo eu sendo alguém assim, estou pronta á ajudar quem me procura. Eu apenas gostaria de receber isso também. Não é uma troca. É apenas algo que gostaria de receber também. Não importunei ninguém com os meus reais problemas, até porque quem gostaria de saber? A minha ' família ' não quer ouvir, e quem gostaria de ouvir isso: ' Olá, eu não sou isso que vocês pensam, eu me machuco todos os dias. Já tive várias tentativas de suicidio, e penso em morte todos os dias. E rezo á Deus todos os dias, para que ele me mate dormindo. Agora, me passa o café, obrigado!' Como não posso falar essas coisas, eu resolvo as coisas da minha maneira. Porque, nessas horas só tem as paredes do meu quarto. Os lençóis, e roupas, e remédios, e talvez alguns ursinhos de pelúcia. E nem um deles falam, e mesmo que eu tenha alucinações. Sei que no fundo, a solidão é a minha única companhia. Eu sou isso... Sou apenas isso. 
Não me peso desde á última pesagem que está aí na cara de todo mundo. Medo? Preguiça? Desânimo? Sim, muito desânimo. A cada garfada sinto que a Ana me esfaqueia por dentro. No natal eu bebi demais, e bebi porque eu precisava esquecer de pelo menos metade das coisas. Mas isso não ajuda, nunca ajudou em nada. Me sinto humilhada, me sinto suja, e posso tomar 5 banhos, com vários sabonetes diferente, a sujeira não saí. A dor e o nojo de ser isso, apenas isso, é horrível. Sou autodestrutiva, não tenho visão para o futuro, e nem faço planos á longo prazo, porque não existe ' futuro '. Existe um desejo, mais uma tentativa, mais uma vez, mais uma vez, vamos lá, dessa vez você consegue. 
A minha cabeça está toda bagunçada, são problemas demais, pensamentos demais, ilusões demais, raiva demais, ódio demais, solidão demais. Tudo dentro de mim está demais... E não tem super herói, não tem alguém vai me ajudar. Só tem eu, e o ladrão, eu e o problema, eu e a droga da minha mente autodestrutiva. Isto não é nenhuma carta de suicidio, porque isso não faz meu tipo. É um desabafo, de alguém que realmente precisa escrever. Porque não tem como ficar com isso tudo aqui dentro de mim. Não posso ficar com isso dentro mim... Não posso. 

10 comentários:

  1. Querida Lua, sei que a vida não é fácil para ninguém, já estive onde você está hoje e isso me entristece muito, não queria que você se sentisse sozinha, você não merece isso. Você tem futuro sim, e ele será o melhor de todos, confie em si mesma, lhe dê confiança, seja o seu próprio ombro amigo se necessário, eu sei que você vai conseguir sair dessa, você é forte. Estarei aqui para você sempre que você precisar, pode contar comigo para desabafar, qualquer coisa, só lhe dê mais uma chance. Beijos linda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gabriele Duboi ❤
      Não sei consigo ser meu próprio ombro amigo. Sabe, eu sou sempre aquela que está diposta a ajudar, a conversar a da apoio. Não estou cobrando nada. Até porque não me sinto na posição disso sabe. Mas eu só queria alguém, uma alma humana. Pois, meus cachorros coitados, eu choro eles apenas lambem minha mão. Não podem falar, embora seus olhos dizem que a dona está triste. Eu só queria uma alma, só....
      Obrigada pelas palavras, e seja bem vinda.
      Beijos

      Excluir
    2. O suicídio só livra o corpo da alma. Eu acredita que temos uma essência. O nosso problema é com a carne, pelo menos o meu. Tenho nojo do meu corpo e quando eu procurei esses blogs pro ana, é porque quero um incentivo pra parar com a compulsão. Eu preciso perder uns 30kg para chegar à perfeição. Eu sou casada e meu esposo é lindo...um deus nórdico de olhos azuis e não é gordo. Sempre fui gordinha, nunca gostei mas nunca parei de comer, e quero partir daqui pra frente. Eu sei que ele me ama mas acho injusto ele lindo ficar com essa baleia de pele flácida. Já fiz terapia e gosto muito de balada mas ne sinto mal ao vestir as roupas e ver q não caem bem. Minha linda, fique firme. Mantenha-se magra mas procure ser voluntária em algum trabalho social. Ajudando pessoas que tem problemas, nos faz sentir desvalorizar o suicídio.

      Excluir
    3. Ola Lis ( seja muito bem vinda ) ❤
      O que vemos no espelho dependendo da pessoa claro, nos machuca. Dizem, nós mulheres nunca estamos satisfeitas com nada. Pelo contrário, sempre estamos querendo mudar algo. Você tem todo o seu direito de mudar, e de sentir bem com aquilo que quer ver no espelho. Então vá a luta girl!!

      Beijos da Lua

      Excluir
  2. Querida Lua,a maioria dos seus textos me deixa um vázio enorme dentro do coração, ainda maior do que já é, é como se as suas palavras fossem as minhas,eu sinto a necessidade de fazer algo para te ajudar, mesmo não sendo a pessoa mais indicada para isso, já que nem mesmo sei resolver os meus próprios problemas,mas se precisa de uma amiga para te escutar, vou está aqui sempre que precisar .

    Se cuida viu, eu torço muito por você, e para que seus dias sejam melhores

    um abraço <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sally ❤
      Sinto muito por isso, eu queria que palavras alegres te completassem. Porém, cá estamos nessa fase da vida. Aonde os últimos recursos, só uma saída. Torço por dias melhores pra ti também.
      Beijos

      Excluir
  3. Olá, Lua ♥
    A solidão dói, certamente. A sensação de que não há quem se importe ou quem possa compreender. Mas Lua, por mais que você se sinta dessa forma, pode estar certa de quem não está sozinha. Estamos separadas por quilômetros de distância e provavelmente nunca nos vejamos pessoalmente, mas se você sente dor, nós também sentimos. Isso é amizade. Nós nos importamos contigo. Sei que eu nem sempre estou presente, mas eu jamais me esquecerei das palavras de ânimo que você me deu, mesmo quando você mesma estava partida ao meio. Você é uma garota muito especial, e eu torcerei todos os dias para você superar a dor e a tristeza.
    Você merece viver, e viver muito bem. Lua, seu coração é puro e ninguém nunca vai tirar isso de ti.
    Fique bem, anjinho! Escreva, nos conte tudo o que precisar contar. Alguém aqui sempre vai te ouvir, sempre vai se importar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana Alves ❤
      ( como diz a Ema, estou suando pelos olhos nesse momento ).
      Ah, muito obrigada pelas palavras, eu não sei nem como responder. Guardarei esse comentário no fundo meu coração.

      Beijos

      Excluir
  4. te dou 10, 20, 30 quanto tempo vc precisar, Lua. E tenho certeza que outras leitoras também. Se não se sentir confortavel para escrever aqui, pode me mandar um email alllies2@gmail.com
    eu nao sei se consigo ajudar porque estou tao perdida quanto voce, mas se precisar de uma amiga estou aqui!!
    beijos lua, fica bem :**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Drella ❤
      Nem sei o que dizer ² ... Tá tudo tão confuso, me sinto só. Me sinto dolorida por dentro, e eu sei que á a morte da Lua. Mas hoje, e ontem eu tentei , tentei mesmo. Quem sabe amanhã eu tento me levantar de novo. ( Anotei seu email )

      Beijos

      Excluir

Gentiliza gera gentileza, por favor respeite meu diário. Deixei seu nome e o do seu blog, que lhe faço uma visita assim que puder.
Obrigada <3