27 de março de 2016

Travesseiro de Pensamentos

Acreditem mas eu abri esta aba de postagem umas 7 vezes. Escrevia, e apagava, não sei porque está necessidade louca de escrever. É que me ocupa á mente. Ainda com tantas coisas dentro dela. Ando escrevendo tanto no caderno, que com certeza em Agosto terei de comprar outro, até mesmo antes disso. Como disse no post anterior, ando desenhando muito também. Não sou nenhuma mestre dos desenhos gente, e nem quero ser... Mas foi um " escape " que minha mente conseguiu sozinha. Estou separando alguns, para vocês verem. Mas já aviso, muitos deles são tristes. Então espero que entendam. 
Estou á escrever um post " verdades da Lua " é um dos posts que conto uma experiência ruim. Afim de alertar, á algumas que acompanham o meu blog pessoal. Vai ter de todas coisas que aconteceram comigo, com t.a, com auto mutilação, uso de remédios, tentativas de suicídio e ect. A verdade é que eu começo a ver, que estou mesmo doente. Não só com o t.a, mas em tudo mais. Vocês já devem ter lido, em algum post meu. Que eu acho que a depressão ( ou seja lá o que tenho) é mais forte que o t.a. Mas ando á percerber, que eles estão se encaixando mais. E sim me assusta. Mais ao mesmo tempo fico muito, mas muito feliz por comer bem menos. Mas a perguntar que não quer calar, e que ecoa dentro da minha frágil é - "Quando eu chegar lá, vou gostar do que vou ver?" Tento não me prender á esse tipo de coisa, pra não atiçar as malditas compulsões. << xô compulsão >> 
Eu percebo claramente os meus atos. Não nas crises mais fortes. O Duda diz que fico irreconhecível. Mas quando estou " modo repouso" eu sinto mais dor, bate a tristeza, solidão, vazio, a sensação horrível de querer se matar. Posso listar á vocês toda vez que pensei, de várias formas, dos piores jeito. Mas não sou assim porque eu gosto de ser. Sou assim por um conjunto de fatores, e de situações, que vivi a minha "vida" toda. 
Hoje fiquei há observar a minha mãe. Ela me veio toda animada, e sarcástica, querendo falar sobre a briga que a irmã dela teve com "marido". Enquanto ela me contava, minha mente, se perguntava, como é incrível ela reparar em tudo que os outros falam, ou fazem. E ela nem se quer nota que a filha dela está morrendo, bem na frente dela. << eu não há culpo>> E mais incrível de tudo isso, é que no fundo, eu sei que ela sabe de alguma coisa sobre tudo isso que sou. Há evidências espalhadas em todos os lugares, porém, ela prefere fingir que não vê. << Invisível >> 
Então não vou incomodar ela, e nem ninguém com meus problemas. Vou aguentar tudo, do jeito que posso. E se não der, bom, fazer o que... Será game over, para Lua. 
Então sobre o dia a dia, em relação á comida. Hoje foi "normal" feriado de páscoa, lidei bem com tudo. Comi 2 cubinho de chocolate amargo, só para não cair na tentação de comer a casa toda. Amanhã finalmente é segunda, e chega de festas! Volto á minha rotina. Para ser sincera, estou me controlando bem desde dia 23. Nada de compulsões. Graças á deus, já estava na hora. Ando me planejando um dia antes, e vendo sempre opções viaveís para não acabar com o dia. Algumas coisas estão começando á me incomodar, como tonturas, dores de cabeça, e parece que sinto que o chão está me puxando para baixo. Mas até aí, é considerávelmente normal. Por comer tão pouco nos últimos dias. Coloquei as pesagens a cada 10 dias, e assim vou me aguentando, para não subir na balança á cada 3 horas. Que por sinal, isso não ajuda em nada. Enfim, espero que está semana, seja apenas mais uma semana. E que tudo fique nos eixos. 
<< desculpem pelo post gigante :// >> 

Feliz páscoa, para os que comemoram.

L.

17 comentários:

  1. Lua, minha linda. Fico feliz que vc esta se sentindo melhor, estou sempre torcendo por você e fico feliz com a sua felicidade, seja ela qual for. Parece bobo, mas ja comece a aceitar o seu corpo agora, que quando chegar na sua meta vai poder aproveitar muito melhor. Aposto que já esta linda e maravilhosa!

    Espero que vc tenha uma semana perfeita. E muito obrigada por todo o apoio que vc me deu la no blog, me ajudou muito

    Xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anw <3
      Magina flor, você merece o melhor.
      Obrigada!! Suas palavras estão guardadas no meu coraçãozinho.

      Beijos

      Excluir
  2. Lua, eu estou te acompanhando, e agora eu descobri esse seu diário pessoal. Ultimamente também ando me sentindo do mesmo jeito, já perdi 20kg, mas ainda não gosto do que vejo no espelho. Não sei se a minha mãe consegue ver que eu estou aos poucos me afundando em uma areia movediça que no final não vai ter volta. Aos poucos me controlo, respiro, tomo os diuréticos e laxantes. A balança no corredor me chama a cada vez que eu a olho, e mesmo não ultrapassando 300kcal diárias, eu ainda acho que comi muito. Na páscoa, descontrole, ajuda da mia, laxantes, dia seguinte cabeça erguia. Foco, menos 1kg. Também penso no (e se?), mas o melhor é evitar tantos pensamentos e focar na nossa meta. A cada semana uma conquista nova, forças novas e então chegaremos lá, felizes, cansadas..Enfim, lutando juntas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anw nony *-*

      Parabéns por ter eliminado tantos quilos. Não deve ter sido fácil... Realmente, as vezes nossos parentes, só enxergam quando a coisa não tem mais concerto. ://
      Não sei por culpa deles, ou nossa, ou da situação. Mas prefiro, e opito guardar apenas pra mim. Não vale á pena ( penso ).
      Vamos juntas sim!!

      Super beijo :*

      Excluir
  3. Oii, amiga! É sempre bom passar aqui no seu blog. Como já é de feito meu, eu leio toda a post, mas sempre há algo que chama minha atenção ou eu tenho uma identificação maior. Pois bem, quando eu era mais nova, já nesse universo Blogger A/M, eu fiz ou comentei umu post sobre o que nós faríamos quando alcançassemos nossos objetivos. Eu respondi que tiraria um monte de fotos de biquíni e que usaria roupas ousadas, e é exatamente o que aconteceu e o que vez ou outra vocês veem.
    Porém tenho uma má notícia. Nem tudo são rosas e a gente sabe disso, mas ela nos cega. Quando você chegar lá, você vai querer muito menos... Pergunte a qualquer Ana verdadeira! Quando eu cheguei lá, eu me via muito maior que antes e nada estava bom. Por isso a importância de procurar um tratamento o quanto é cedo, a tendência é piorar :(... Porém, não desanime e corra atrás dos seus sonhos... Todos nós pagamos o preço por aquilo que achamos justo.
    Mil beijos, minha linda! ♡♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que vai acontecer isto, porque ainda que perco peso, me sinto enorme ://

      Beijos amor

      Excluir
  4. Lua acho que a depressão encobre de escuridão a luz no fim do tunel, mas saiba que essa luz tá lá, existe. E o suicidio como forma de expressar pro mundo que você não está bem acabaria com qualquer possibilidade de você ficar bem. Você tem tentado dar sinais de que não está bem e se sente ignorada, notei isso principalmente pela sua mãe, acho que se você quiser um carinho dela você deveria conversar com ela, falar o quanto ela é importante pra você e que conseguir a aprovação dela valeria muito pra melhorar sua autoestima. Talvez ela queira alguma troca, queira algumas coisas de você, demonstrações de que você se importa com ela também. Não sei, são apenas impressões de alguns posts(desculpa nao estar conseguindo ler tudo ;-;)
    Parabens por ser forte diante da comida, você é muito mais forte do que imagina ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já fiz isto... Já abracei, já beijei, já disse o quanto eu amava, e que perdoava, o que ela fez comigo.
      Mas somos como duas estranha, mas que se respeita :|

      Excluir
  5. Luuua...
    Sei bem como é ter uma mae que não nota muita coisa...
    Talvez ela até tenha notado, mas prefere fingir que não é verdade, prefere pensar que não é real, negar e ignorar. Pelo seu bem, lute! Tenha força. Não é fácil! Eu sei!

    Mas se cuida,tá?!!! beeeijo grabde

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, eu nem sei também ://

      Tentarei, beijo :*

      Excluir
  6. Realmente sua mãe não tem culpa, e se você não concersa sobre seus sentimentos com ela, não queira que ela saiba como você se sente.
    Você tem seu marido que parece ajudar bastante com essas questões psicológicas. E como eu sempre disse, é você mesma quem tem que se ajudar se quiser mudar.
    E o mais importante. Não se vitimizar.
    Aproveite o apoio que tem de seu marido e corra atrás de sua cura.
    Sobre os desenhos, estou realmente ansiosa para vê-los, espero que você não demore a publicá-los.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não gosto do se 'vitimizar', por isso que não abro minha boca. Independente do que passo, ou passei, prefiro ficar sempre na minha. Carrego sozinha, p não acharem que sou assim :/

      Vou pública-los hhehe

      Outro Abraço

      Excluir
  7. Nossa Lua, te acho uma pessoa tão forte. Mesmo com todas as dores sempre fica na sua sem dizer nada.
    Você está indo muito muito bem... Parabéns! O fato da sua mae é triste mas assim é melhor, não é? Eu não tenho certeza mas ter uma família te observando e querendo te internar não é legal ...
    Mil beijos
    Tudo de bom
    Ami <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Omg, é tão bom ler isso *-*

      [...] Nossa Lua, te acho uma pessoa tão forte. [...]

      É e não é... Não sei bem :(

      Beijos Ami <3

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Manu ( Seja bem vinda )
      Realmente ninguém leva á sério. Até a hora que as coisas fogem do controle, e acontece algo pior. Eu sei que preciso de ajuda médica, e que no meu caso, devo ter algo bem sério. Porque já tentei fazer de tudo que me indicaram, mas nada adiantou. E visível o meu medo de ir até um psiquiatra, e descobrir algo terrível. Mas é melhor descobrir e tratar de buscar um cura. Cada dia mais eu me fecho no mundo. É nele que me encontro, e que me deixa mais "segura".
      A auto-mutilação na minha vida, foi algo muito por acaso. E nunca, mas nunca mesmo, pensei nas consequências de não poder usar um shorts. E como de fato eu realmente não ligo. E quase nunca me arrependo, foi uma forma de suportar a dor, mas sem a parte do suicídio. Mas levou tempo pra entender, que isto de fato era uma atitude suicída. Eu sei que preciso realmente enfrentar todos os medos, e ir atrás de ajuda antes que seja tarde demais.
      Obrigada pelo comentário. Não á o porque se desculpar, eu entendi o que você quis dizer.
      Beijos, se cuide :*

      Excluir

Gentiliza gera gentileza, por favor respeite meu diário. Deixei seu nome e o do seu blog, que lhe faço uma visita assim que puder.
Obrigada <3