22 de abril de 2016

Em um mundo sem luz

Na noite anterior dormi chorando... Não foi uma daquelas crises, que da vontade de se matar. Apenas dor e tristeza, mas aquela que você fica ali se martirizando sozinha. Você acorda, não saí da cama, só fica ali, deitada, olhando pro teto. Uma aranha enorme preta, anda pela parede, eu continuo a encarar ela. Balança a bunda, e entra no teto. Coço o cabelo, e penso - Que porra que tá acontecendo comigo?
Levanto, e me lembro que não limpei a casa está semana. Produtos de limpeza estão pelo chão, e eu devia esfregar o banheiro. Mas volto pra cama, e morro durmo ali mesmo. Acordo por volta das 10:20, estou com fome, mas ignoro e vou fazer o que eu devia ter feito. O relógio diz que é 14:50, e então me arrasto e vou cuidar do almoço do marido. O cheiro da comida entra pelo nariz, e penso em batatas com filé de frango, e um arroz colorido. Me arrasto de novo, e subo as escadas. Caio na cama faleço durmo de novo... Quando acordo ele já comeu tudo, e está sentado na cadeira em frente á cama. As 17:40, lembro que preciso ir tomar banho. Demoro mais do que deveria para lavar meu corpo gordo, cheios de cicatrizes. Visto outro pijama, e me arrasto até a cozinha. Como qualquer coisa, e volto me arrastando pra cama. Já são 20:50 e eu sei que todos vão dormir. A aranha que vi vai dormir, a cachorrinha, o terreno, o marido, as formigas, menos eu. Levanto vou ao banheiro, volto escrevo, vou pro note leio os blogs. Ligo a televisão, e vejo os desenhos. Finalmente por volta das 01:30 consigo dormir. Mas a insônia é uma vadia, e me acorda por volta das 04:00 da manhã. Mais desenhos... Até que cochilo, e acordo por volta das 08:00. 
Novamente olho pro teto, a claridade já está dizendo que eu deveria me levantar. Mas estou a espera da tal aranha que vi. Mas ela está com preguiça, e deve estar na cama também. Até que olho pro canto do teto, e tem dois olhos me espiando. Percebo que ele também quer dormir, mas a claridade está incomodando. Penso - Ou estou usando alguma droga, ou realmente ando tendo alucinações. Olho pra televisão desligada, e tem montanhas de palavras e desenhos tortos. Olho mais de perto, e continuo a ver. Respiro fundo, e volto a dormir, a fim de que tudo isso seja um sonho. Por volta das 10:57 acordo, e vejo os olhos, e as letras. Cutuco o marido, e ele acorda. Digo, - Está vendo dois olhos no teto, e letras e desenho na tv? Ele se levanta, demora uns 30 segundos e diz: - Não. Porquê? Olho de novo, e continua os olhos alí e os rabiscos na tv. Olho pra ele e digo - Estou vendo dois olhos no teto, e um monte de coisas escritas na televisão. E ontem vi uma aranha enorme, que balançou a bunda, e entrou no teto. Ele me olha de novo, observa o teto, e em seguida a tv. E diz: - Aih, meu deus,  você voltou a ver essas coisas? Vixe.  
Me viro, e deixo escorregar algumas lágrimas. Aceito o fato que estou realmente louca,  e agora até alucinações ando tendo. Cubro minha cabeça, e me cubro por inteira. E morro durmo novamente...






18 comentários:

  1. Oi lua!
    Sonho com o dia que chegarei aqui e você dirá que deu um sorriso, saiu com o boy e se divertiu :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ihh, tá meio difícil em D.

      Excluir
    2. é, eu também, vcs merecem isso... Merecem sair desse labirinto...

      Excluir
  2. Alucinações podem ser causadas por qualquer coisa, desde insônia até falta de nutrientes. Estresse, depressão...
    É quase comum, não se assuste.
    Como você disse, lá no meu cantinho:
    Um dia de paz, é tudo o que precisamos...
    Muita paz, querida Lua.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh jesus x.x
      Retira isso, porque não quero ter essas coisas não. Já me machuco, já sou toda esssa merda, agora alucinações. Não dá ... ://

      Excluir
  3. olá Lua , estou de volta pior do que a ultima vez , estou tendo crise de depressão , me sentindo uma baleia , e pra completar tenho transtorno bipolar , ouço vozes , e converso com estas vozes que são espiritos , estou morrendo aqui , tenho uma vontade louca de corta , estou mal dms também , somos duas :'( , mas olha precisando estou aqui , tive que excluir meu blog mas logo vou fazer outro , retornando agora na ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Firme flor, não deixe que as vozes te leve x.x

      Excluir
  4. Lua, (Não se ofenda POR FAVOR ok?) Já teve algum caso de esquizofrenia em sua família ? Eu conheço duas pessoas que tem e que com os remédios certos as alucinações pararam, e ainda que não seja isso (E não será ) Pq vc não vai ao psicólogo ? ele pode te ajudar a entender o que acontece ! Fica bem ta e mesmo eu não sendo a pessoa ms equilibrada do mundo se quiser conversar é só chamar bjs :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Geeu
      Não me ofende. Eu tenho sim, um irmão... Ele é contido com remédios, mas vire mexe tem uma recaída. :/

      Excluir
  5. Boa noite!
    Gostaria de fazer parte desta comunidade, achei interessante o conteúdo de seus textos, sou homem,casado e procuro apenas amizades!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nony

      Bom aqui não é comunidade. Aqui é um local aonde coloco um pouco do meu caos. Ou seja, tudo que tem na minha mente. Alguns textos ( geralmente os que estão no marcador " Textos da Lua" são baseados em mim, e em todas as outras meninas e (os) que passam pelo mesmo ou por algo parecido ).
      Mas seja bem vindo!!

      Excluir
  6. não está ficando louca é apenas o sono desregulado e desenhar mt faz fixar forças mt a vista ,olha vai por mim,eu desenho a anos e sou profissional até,se levar mts hrs com os olhos no desenho ele tende a distorcer imagens qdo vc nao esta desenhando,eu até paro de desenhar qdo vejo q levo mts hrs pq qto mais foco nele perco a realidade do desenho ,até pq acho q a minha vida seria um desenho bom se eu pudesse desenha-la;eu estou com depressão e lutando mt comigo mesma,eu não qro me levantar e fazer o serviço a 1 semana nao trabalho ,mas sei q vou ter q me levantar e ir em frente uma hr ou outra... te entendo ,um abraço minha Lua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sono desregulados até poderia ser... Ou até mesmo o meu mal uso de remédios. Mas desenhos não, porque não estou desenhando mais. Nunca me forço a nada, então é só quando quero então faz muito tempo....
      Não sei. Mas não me surpreenderia se alucinações acontecessem, porque ano passado e 2014 foi a época mais tensa em relação á isso. Só ignoro, e tento sobreviver mais um dia...

      Excluir
  7. Você não está ficando louca, tem um motivo para isso e eu realmente espero que você consiga descobrir e mudar o que precisa ser mudado. Então ficará bem <3

    ResponderExcluir
  8. Oi Lua!

    Eu li três vezes esse texto, e achei engraçado a forma como você descreveu essa aranha, eu nem sabia que aranha requebrava a bunda hahahahahahaha!
    Falando sério, as vezes eu vejo coisas, vultos, ou tenho a nítida impressão de que um bicho andou na parede ou algo se moveu sozinho, as vezes sinto um vapor quente, tipo uma ilha de calor no meio do quarto.
    Geralmente vou verificar, olho de novo por outro ângulo, passo a mão na parede, pergunto se o Príncipe viu, e por fim tiro uma foto, se não for real não estará lá.
    A maioria das vezes não aparece nada, mas já tive a infelicidade de fotografar orbes no meu quarto, até pesquisei pra saber quando os orbes são reais ou é só poeira e lente suja, piorou porque só tive mais certeza, tenho companhia por aqui.
    Nem sei se você crê em experiências paranormais :(
    Outra coisa que me faz ver tudo distorcido é ficar muitas horas seguidas lendo no computador!
    Quando estou mais de 24 horas seguidas sem dormir vejo coisas, se eu estiver sob efeito de remédios fortes ou com febre ver o invisível é normal, converso com minhas visões e dou até risada.
    Não se desespere, com certeza não somos as únicas que passamos por isso.
    Eu não sei se meus relatos podem ser úteis, mas espero que você encontre respostas para suas visões em breve, boa sorte.


    Beijinhos ^^

    ResponderExcluir
  9. Cara, não tenho coragem de pesquisar... É bem capaz de eu descobrir algo que eu não queira. Ela rebolou sim, juro! Haha, sabe quando vira de um lado, e vira do outro. Bem bizarro! x.x
    A última foi uma cabeça de bebê atrás da porta. Não sei, eu tenho quase a certeza que é por causa dos remédios. É ruim tudo isso sei lá, só acúmulo de coisas ruins... Não sei se sou capaz de vencer isso.

    Beijos
    ( obrigada por comentar em tantos posts )
    ♥ ♥

    ResponderExcluir

Gentiliza gera gentileza, por favor respeite meu diário. Deixei seu nome e o do seu blog, que lhe faço uma visita assim que puder.
Obrigada <3