6 de abril de 2016

Melancolia

Eu admito, não estou e nem nunca estive bem. Sempre estou cansada, chateada, e visívelmente deprimida. Quando penso que tudo vai entrar nos eixos. Vem a vida me mostra, que sempre pode piorar. Ando de um lado para outro dentro de casa. Como se fosse um zumbi, procurando algum corpo por aí. Passo dia de pijama, cuido da Ruby e volto para cama. O dia amanhece e eu estou zumbizando pela casa << não sei se existe esta palavra>>. Penso que milhares de moça na minha idade estão terminando a faculdade, estão rindo com os amigos. Enquanto eu estou aqui desejando a morte como companheira. Eu sei que todos vão dizer - Lua se esforce, vá atrás. Mas aí é que o bicho pega. Não sinto vontade de absolutamente nada! Não é preguiça, é que realmente eu não sinto vontade de nada. Todo dia é uma guerra interior, para levantar e fazer os afazeres da casa. Ou ir no centro da cidade pagar as contas do mês. Me arrasto como uma morta viva. Hoje mesmo foi um daqueles dias aonde me preparo mentalmente, para poder por o pé na rua. E me pergunto todo santo dia - Vale a pena? Realmente vale a pena, ficar por aqui, fingindo gostar de viver? Sempre chego na mesma conclusão,  NÃO. 
Ontem o Duda estava sentado no chão do banheiro. E percebi que ele chorava, porque ele estava molhando meu pijama de lágrimas. Perguntei o porquê do choro repentino, e ele me diz - ' Tenho medo de te perder Lua. Medo de chegar em casa, e encontrar você morta. ' Eu deveria ter chorado, e lhe da palavras de conforto, mesmo quando sei que estou mentindo. E o que eu falei pra ele? Nada. Não vou prometer, não gosto de promessas. Mas percebi que ele está desesperado. Eu gostaria de ser uma boa esposa pra ele. Mas creio que mesmo me esforçando, acabarei na mesma. Foi e sempre vai ser assim. Desde ontem falamos bem pouco, apenas o necessário. Chorei um pouco antes de dormir. E novamente me fatiei como um peru de natal. Queria entender o que sinto, ao ver o sangue indo embora de mim. Manchando o chão, ou papéis higiênicos. Os curativos grudam no machucado, é só retirar que aparece mais líquidos vermelhos. Parece loucura. Soa como loucura. Nada mais faz sentindo pra mim. Ando tentando me segurar para não fazer e adivinhe. Em certos dias que me nego á me machucar, eu feri meu próprio couro cabelo, aquele perto do final da nuca. Olho pra unhas, um monte de unhas de sangue. E não percebi ou senti dor alguma. E de novo, parece loucura, pode ser loucura, ou não... Eu estou tanto tempo fingindo ser forte para todos. Isso me desgasta de uma tal forma, que parece que vou explodir em mil pedacinhos. Não está sendo fácil, e creio que nunca será. Não estou murmurando, estou apenas desabafando algo que está no fundo da minha mente. 
Os dias demoram pra passar, as horas parecem anos. E no fim do dia me deito e olho pro teto branco. Algumas lágrimas caem, e viro e me esforço para dormir. E logo já é de manhã, penso- Mais um dia perdido, mais um dia sem sentindo, mais um dia iguais aos outros, mais um dia que vou pedir para morrer. Mais um dia vou me imaginar morrendo da pior forma possível. Tudo isso na minha cabeça, mas por fora estou calma. Mesmo estando quebrada, destruída de todas as formas possíveis. 
Apenas finja lua, apenas finja. 



24 comentários:

  1. Oh lua, você pode esconder um turbilhão de coisas apenas com um sorriso para outras pessoas mas, não pode enganar a si mesma. Está difícil pra você e estar em paz consigo mesma é importante. O Duda te ama tanto, acho que você poderia ao menos lhe dar um pouco de segurança. Você o ama, não o deixe tão perturbado dessa forma e nem a nós, por favor.
    Os pensamentos e cortes, a gente vê como é difícil ,só que no fundo a gente quer se libertar disso tudo e viver feliz. A morte não é uma saída e a ana não foi uma escolha.
    Eu sei que quer sair disso tudo e lutar é a única opção.

    Força. Força Força
    Estamos aqui e queremos você aqui, junto com a gente!
    ⭐⭐⭐⭐
    😘😘😘😘
    ♥♥♥♥
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei, eu gostaria mas não consigo. Não é nada de errado com ele, ele tenta sempre fazer o máximo que pode, mas eu simplesmente não consigo. Sempre fui assim :(

      Obrigada ♥

      Excluir
  2. Estava pronta para dizer lhe milhares de belas palavras e, que a vida é linda e vale muito a pena vivê-la. Mas estou tão aflita e angustiada quanto você.
    Também fico pensando que estou parada no tempo enquanto ex amigas de escola, e outras mulheres da minha idade, estão com suas vidas em andamento, estão estudando ou trabalhando, e eu aqui.
    Entendo sua dor, entendo também o conflito mental que erturba você. E mais uma vez repito, você precisa de uma ajuda profissional.
    Não sei se contei à você, mas tive uma experiência traumática ao ir na psicóloga, foram os minutos mais agonizantes para mim. Perguntas que pareciam sem sentido e a conclusão que me fez parecer uma tonta.
    Após isto prometi à mim mesma que não tentaria mais procurar ajuda dos "profissionais" semente Deus pode me curar completamente.

    Sobre o choro do seu marido, imagino como deve ser difícil para ele lhe dar com essa situação. Ele parece te amar muito, e é um homem de verdade, pois homens também choram.
    Em respeito a esse amor que ele demonstra, você deveria procurar ajuda, demonstre você também o amor que diz sentir por ele.
    Que Deus te abençoe! Leia, João 14:27.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é meu maior medo. Muitas dizem que foi, e foi uma experiência horrível. Claro, que eu entendo que nem sempre acontecem a mesmas coisas. Seria uma sorte encontrar um que realmente queira ajudar...
      Já tentei procurar Deus também. Mas nunca durou, não sei se pela minha desobendiência, ou por falta de fé. Não culpo ele, ou qualquer outro...Sou assim por diversos fatores. Talvez sempre fui assim, e só agora vejo que nunca fui normal. Mas a minha mãe estava ocupada demais para me notar. -_-
      Aff. não quero me lembrar disso.
      Amém.
      Bjs

      Excluir
  3. Acho que você deveria se arriscar e ir ver um psicologo pelo menos uma vez. Entendo pouca coisa do assunto, mas estou quase certa de que ele vai te diagnósticar com depressão e receitar remédios que vão te fazer sentir melhor.
    Eu mesma nunca fui, minha mãe vai e adora.
    É só dar uma pesquisada e encontrar alguém com boas recomendações. Uma vez só não pode fazer tão mal, né?
    Te acompanho há uns três meses e já é como te conhecesse haha, então espero realmente que fique bem <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wow , eu não sabia que me acompanhava muito obrigada pelo carinho viu! <3

      Excluir
  4. Lua minha Lua :/ Que porra estamos fazendo dessa vida ? Eu so te peço pra se dar um tempo e pensar se tudo isso vale a pena, eu estou cansada de te ver sofre, e não é um cansada do tipo "AFF a lua so reclama " È um cansada do tipo >Porra porque a lua esta assim, porque eu não posso fazer nada por ela ?< eu quero que você fique bem lua, eu choro ao ler seus posts, eu sinto sua dor mesmo que não seja exatamente a mesma, mais sinto por você, eu sei que você pode brilhar como nenhuma outra pessoa e que tem um potencial gigantesco dentro de ti eu só te peço Lua, não desista, levanta, faz pesquisas, estuda procura um emprego slá só não se entrega ! Sinto muito por não poder fazer mais nada além de te escrever minhas palavras tortas, sinto muito mesmo !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já tenteu Geeu...
      Tentei de tudo, eu acho... Trabalhei, era terrívelmente desesperador entrar em um ônibus. Ás vezes via o õnibus bater e eu voando pela janela. Tentei ir pra Igreja, eu ia, e as pessoas me olhavam torto. ( eu sei que não devia me importar com isso mas...) Tentei estudar, me formei, mas não quis nem buscar meu diploma. Tentei sair, e fazer amizades, tomei literalmente no cu << perdoe me pelo palavrão>> Tentei me animar, logo vinha as vozes, e as lâminas...
      HOJE não faço nada disso. Simplesmente não quero, não por vagabundagem ( quem me dera se fosse isso) mas simplesmente não quero. Não quero tentar fazer amigos. Não quero trabalhar. Não quero filhos. Não quero faculdade. Não quero futuro brilhante e gente me bajulando dizendo - Oh, como a Lua é incrível. Não quero viagens, não quero passeios, não quero socializar, e nem ser um membro importante da comunidade.
      Quero remédios, muuuuuitos remédios. Uma cama para repousar o corpo fodido que tenho. Quero que minha mente simplesmente se desfaça em mil pedaços...

      Excluir
    2. Isso é completamente fodido (não me desculpo porque é) Você desistiu e isso era o pior que poderia acontecer porque so você pode realmente se ajudar e como mostra, não esta nem um pouco interessada nisso, pede ajuda profissional porque isso esta grave lua .

      Excluir
    3. Pra ser bem sincera, não estou mesmo nenhum pouco interessada. Só me pergunto, o que estou fazendo aqui :(

      Obrigada pelas palavras Geeu.

      Excluir
  5. Aaaaaaargh te entendo tão bem que dói.
    Penso nas colegas de escola, todas trabalhando, namorando e casando. Penso nas minhas melhores amigas fazendo o futuro delas acontecer.Pessoas estudando feito loucas pra passar em provas, se formando... Vejo elas vivendo... E eu aqui sem nada. Nada.
    Nenhum sentimento. Quando fico feliz desaparece tão, mas tão rápido. Me cansei de ficar só (minhas amigas moram longe agora), mas não tenho competência pra fazer novas amizades.

    Minha mãe fica me pressionando a arrumar trabalho, que não vai estar aqui pra sempre. Eu sei... Eu sei. Não é que eu não queira trabalhar algo não me deixa. E esse algo sou eu. Quando consigo um, não fico mais de 3 meses nele.

    Às vezes, eu queria - de verdade- de ter alguma doença terminal e ficar no hospital. Morrer aos poucos por causa da doença. Ai ninguém iria me cobrar mais nada. Ficar com meu note lá na cama. Tenho quase certeza que vai aparecer algo que vai e fazer mudar de ideia na hora e me fazer ficar (saudável, viva)Mas sei tbm que depois de conseguir, irá embora levando a minha oportunidade de conforto-mor. Sei que estaria sofrendo, com dores e choros, mas eu queria isso(?) (no caso, eu não tomaria os remédios)Isso é tão mórbido, eu tenho uma vida boa até, porquê sou tão assim... Triste?
    Até porquê nem perspectiva de vida eu tenho, não tenho sonhos ou ambições, pra quê trabalhar? Não vai vingar. Não me veja com 30 anos, sabe?

    Esses dias minha amiga disse pra eu procurar um psicólogo. Sempre estive estive no fundo do mar, não sei como seria se eu saísse e andasse pela terra. É isso, queria sair das profundezas em que estou. Apenas. Sentir como seria se eu não estive lá.

    Acho que ficou confuso. kaka Mas a psicóloga já tá marcada. Quero viver, não só existir e ser uma decepção... Uma falha como filha e pessoa.
    Quero olhar na frente de alguém que tenho um certo conhecimento sobre estes sentimentos e contar tudo e chorar tudo que tenho. Chorar de verdade. Sentir a tristeza, depois sentir a leveza.


    MARQUE A PSICÓLOGA TBM LUA! Vamos juntas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que já marcou flor... Boa sorte!!

      Excluir
    2. Hahahaha Devia ter esperado essa reação sem sal... Igual as que tenho.
      Vamos juntas, mana!
      Me apeguei a você, sei lá, descreveu tão tão o que eu - não - sinto. <3 <3

      Excluir
    3. Para disso, teu comentário foi muito profundo.

      Excluir
  6. Em tempo: Na virada pra 2016 eu tive um surtinho. Comecei a chorar, de repente. Falando que quero mudar meu quarto todo pros meus pais. Claro que não o fizemos. O choro nem foi por isso, foi por estar TODO MUNDO feliz, se amando e eu nada. O Natal/ano novo já fez sentido pra mim. Ficava horrores de feliz por estas datas... Mas agora elas me desesperam.... Não consigo sentir essa felicidade/emoção/ansiedade de novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Natal/Ano novo não me causa mais nada... Já não era bom antes que dirás agora '-'

      Excluir
    2. Eu era apaixonada. Tristão.

      Excluir
    3. Já fez mais sentindo né Tah, hoje em dia ... não sei dizer o que é..

      Excluir
  7. Meu medo de entrar nesse limbo ao voltar, não sei, eu sei que doi muito, a ana dá e tira em proporções bizarras, eu entendo o duda, se eu estivesse lá eu estaria chorando com ele... Talvez você deveria tentar pensar um pouco mais no Duda e como ele se sente mal com isso, e como ele ficaria mal sem você aqui... Pensa se fosse o duda morrendo aos poucos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não só a Ana Cecy, não sou do tipo de que auto examina mas... Sempre dessconfiei que eu tinha algo mais grave. Sinceramente eu acho que sem eu por aqui, o Duda estaria melhor >(

      Excluir
    2. Sem vc por aqui Duda estaria perdido, vc é importante para ele, e ele deve ser para vc, não tente pensar de outra forma, todas nós precisamos de amor e vc tem a ele... Um pouco mais de valor a o que vocês dois vivem, please

      Excluir
  8. Oh minha flor, estou preocupada com você! Se você ficar sem postar 1 dia, vou pensar o pior. Você está tão mal, essa depressão que não cura.
    Lua, encontre forças no seu boy, já que você não consegue lutar por você, lute por ele, ele quer seu bem, quer você feliz. Já falei isso aqui e vou falar de novo: saiam juntos, façam passeios bobos: cinemas, trilhas, parque etc. Vocês vão se comunicar mais durante esse tempo e você vai se divertir um pouco.
    Não gosto de saber que você está assim =(
    melhoras s2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :/
      Me desculpe, é justamente por isso que estou pensando em excluir os blogs. Não quero que ninguém se sinta dessa forma. Não estou conseguindo suporta meu próprio fardo.

      Excluir

Gentiliza gera gentileza, por favor respeite meu diário. Deixei seu nome e o do seu blog, que lhe faço uma visita assim que puder.
Obrigada <3