2 de abril de 2016

Planos diabólicos - Editado

Abril me trouxe notícias surpreendentes, tanto ruins, ou seja o resto de março... Quanto notícias favoráveis, á perder peso, e deixar me libertar desse casulo de gordura em que eu vivo. Eu tinha preparado um post sobre a rotina alimentar, porém não ando mais interessada em fazer esse tipo de post seco, sem uma função. Ou seja apaguei, e reescrevi, umas 10 vezes << omg >> 
No momento estou sozinha na cozinha. Minha mãe estava aqui á 2 minutos atrás comendo amedoim, e eu olhando pra cara dela tipo - Ei me deixa sozinha, por favor....  Sou meio solitária. Eu queria ler os blogs sem ninguém me chatiando. Vamos lá, explicar meu plano diabólico <<haha>> 
Bom, não comentei talvez. Mas minha mãe arrumou um trabalho de segunda á sexta. Ela quer fazer umas reformas, e guardar um reservar. Ou seja caiu como uma luva, este emprego. E claramente ela não vai poder fazer milhares de comida pra me encher como um porquinho. Então posso ficar tranquila e fazer da maneira que eu quiser. O Duda nem vai perceber, e eu tenho que ser inteligente e aproveitar isso á meu favor, e perder os quilos que preciso, e quero perder. 
A intenção é ser restrita no meio da semana, e fim de semana comer até 500. Porque fins de semana, sempre é mais complicado. Tem almoço com família, jantares, festas, e fica mais difícil fugir. E para não me causar encontros com a mia, ou compulsões, 500 é um bom limite para não engordar, ou morrer por ter comido. Ainda não sei vou fazer alguma dieta dessas Ana y Mia, porque sinceramente elas me deixam meio assim. Mas vou restringir o máximo que eu puder. 
Infelizmente acabei miando ontem. Pois é, pessoas. Miei comida, e sim, foi horrível, e não devia ter feito isso. Não era nada de gorduroso, ou que fazia mal á saúde ( como frrituras). Mas ainda sim, me deu um acesso e miei. Fiquei rouca, e o Duda obviamente reparou, mas dei uma de joão sem braço. Hoje só estou tossindo um pouco, de resto estou levemente normal. A deprê continua a mesma, ainda choro um pouco sem nenhum motivo aparente. E as mudanças de humor tá um coisa muito desgastante. Mas vou lidando como posso.. :// Nem vou esperar muito de abril, porque olha só o mês de março. Vou focar em emagrecer, e na minha rotina. Apenas nisso. 



Editado ás 23:48 

Vejam só como eu tô com humor totalmente desregulado. Ainda estava por aqui na internet, vendo coisas aleatórias. Ouvi dezenas de músicas, das mais tristes, até as mais animadas. Devido á isto, estou com fortes dores de cabeça no atual momento. Sendo que não há motivo algum pra isto. Foda, ou não?! Pois é... Mas já estou indo, falta poucos  minutos para minha dieta do mês se iniciar. Já está tudo pronto. Espero que essas coisas que tem em mim, não me atrapalhe. Este cansaço, está acabando comigo, acabando mesmo... 





6 comentários:

  1. Essas mudanças me deixam horríveis também, e parece que o único momento bom que eu tenho é durante o sono... De resto, é só tristeza...
    É uma ótima ideia sua usar isso a seu favor, vai ser mais fácil comer menos sem as pessoas verem. Mas toma cuidado, por que é mais fácil ter compulsão sozinha, pelo menos pra mim...
    Força Lua

    😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma sensação de cansaço, todos os dias né :8

      Para ser sincera estou com medo. Mas estou ciente, do dobro de força, e da situação.

      Beijos, <3

      Excluir
  2. Hey, cuidado para a solidão não levar a loucura hehehe, ficar sozinha as vezes nos levas a libertar nossos monstros interiores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que já enlouqueci viu Cecy '-'

      Excluir
  3. Eu tenho muitas mudanças de humor e ate agredi fisicamente e verbalmente meu marido meu medico dobrou o mg do meu remedio e nada acontece brigo falo sozinha imploro pela morte principalmente quando como entao me entupo de lax e diu se ñ tiver como miar é um vicio ja quer me ver triste ok é so eu comer droga ate quando ñ me corto ñ mas me odeio mesmo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa sinto muito ://

      Eu nunca ( acho ) que agredi uma pessoa. Lembro de uma discussão que taquei o ventilador longe, e deu uma leve batida no pé do meu marido. Me senti muito mal :( Mas nunca agredi ele. Sempre disse que se ultrapasse essa linha, seria o fim do nosso casamento.
      Espero que cura seja feita em ti flor. ❤

      Excluir

Gentiliza gera gentileza, por favor respeite meu diário. Deixei seu nome e o do seu blog, que lhe faço uma visita assim que puder.
Obrigada <3