14 de maio de 2016

Acúmulo de Problemas

Olha eu nem sei por onde começar. Sabe quando você começa a semana, achando que jogou pedra na cruz? Pois é...  
Na segunda eu estava sozinha em casa, cansada, fadigada, querendo enfiar a cabeça dentro de um balde cheio de piranhas e esperar a morte. Mas ignorei tudo isso, e liguei o notebook. Abri duas páginas, algo na minha conexão entre rede e pc, fudeu deu erro. Fiz todos os procedimentos que eu conheço, liguei para operadora, e nada. << e acredite estou sem intera net fixa em casa >> Até aí tudo bem, essas coisas acontecem. Demoram, mas acontece. Eu tinha marcado para fazer meu cabelo, e porque a raiz estava alta já. Deu tudo certo, suportei o fato de falar com a minha cabeleleira. O Duda chegou com más notícias no serviço. Ok. Posso morrer agora vida? NÃO. Até eu digerir que minha segunda estava sendo horrível, demorou um pouco pra sacar que ia piorar. As 19:00 fui encontrar minha mãe no centro da cidade. Sem internet móvel, e o Duda esqueceu o celular dele em casa. Fizemos o que tinha que fazer, aproveitei e coloquei crédito. Assim que cheguei em casa vi uma mensagem de aúdio da minha sogra. - Lua aonde você está? Cadê o Duda? O pai passou mal, preciso de ajuda!!! - O "pai" é avô do Duda, por volta das 21:00 que foi a hora que chegamos, ele subiu na casa da mãe dele. No desespero dela, ela largou a casa aberta. O Duda teve que ficar lá até as 22 porque ele não achou o tal cadeado. << olha como só piorou >> As meia noite, o primo do meu marido estava tentando arrumar o erro que está dando na minha conexão de rede. Por volta das 00:20 o primo dele recebe uma ligação - G. o avô faleceu - Eu ouvi o que a minha sogra falou pra ele no telefone. O quarto ficou gelado, tudo parou, como se um monstro sugou o ar da casa. Os olhos do G. encheu de água, e meu marido com os olhos vermelhos. De repente aquela correria, velório, enterro, corpo, morte... Eu fiquei em choque, mesmo sabendo que ele não estava bem. Isso tudo aconteceu de segunda e terça. Na quarta- feira, eu  acordei ruim. Ruim mesmo. Acabei com meu pulso pela 4° vez, ele está totalmente cheio de rego da lâmina. Não existe possibilidades de usar o pulso livre, nunca mais. Ainda me sentia  mal, cortei as duas coxas. Quando meu marido chegou em casa, eu estava com dois curativos em cada coxa, e um no pulso esquerdo. Ele sentou na beira da cama, e começou a chorar. Lembro de ver os olhos dele brilhante, por causa do brilho da televisão. Eu só ouvi baixinho - Estou com medo Lu, estou com medo, você está... Eu... Tenho medo sabe - Mas eu estava esticada na cama, não sentia dor, nem medo, não sentia nada. Eu era uma floresta sem nenhum som, eu sou uma floresta suicída. Na quinta- feira, acordei dopada << coquetel de remédios >> Elástico de dinheiro roxo, maldição de uma mente doentia. Vontade de comer? ( puxa o elástico, e solta em cima dos cortes) Comeu? ( puxa o elástico, e solta em cima dos cortes) Quer morrer? ( puxa o elástico, e solta em cima dos cortes)  Comeu 3 coisas? ( puxa 3 vezes o elástico, e solta em cima dos cortes) Na quinta á noite meu pulso estava roxo, sangrando, e inchado. Minha mente estava como uma 25 de março, cheia, entupida, e não cabia mais nada. Mas a minha mente achava que eu aguentava mais.... Eu fiquei tão ruim, mas tão ruim, que não fui visitar minha sogra. HOJE que eu limpei a casa; lavei o cabelo; e fui ver como ela estava. Se estou bem?  NÃO.  Eu sou isso, eu sou  apenas isso. Vocês não tem noção de como eu me odeio. Crise, morte, problemas tudo em uma semana. E eu simplesmente não aguento, estou tomando tanto remédios essa semana. Que eu pedi para o Duda comprar mais hoje. << claro que ele não sabe quantos estou tomando >>Estou morta em todos os sentidos. Não sei dizer o que é, que está havendo comigo. Mas meu teto está desabando, e sinto que não tem concerto....
Isto é um breve resumo porque eu desapareci. No momento estou usando a conexão da minha prima. Mas já encontrei um lugar para resolver o problema da internet. Fui em alguns blogs, falta muitos posts pra eu ler. Mas no momento estou muito cansada. Prometo que enquanto eu tiver a conexão dela, vou ler todos posts e comentar. Obrigada pelo apoio gente, ler cada mensagem, mesmo estando quebrada, sinto que alguém lembra de mim. Muito obrigada mesmo!! 


10 comentários:

  1. É umm choque perder alguem proximo, por mais que a gente veja que a pessoa está mal, a gente não espera,
    não fica se punindo assim, machuca você mesma e quem está a sua volta, espero que tudo fique bem e você um dia venha dizer o quanto está feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Sabe por mais que ele fosse bem na dele, quando o conheci, ainda é uma perda. Minha sogra esta desolada, ela cuidou dele por tanto tempo. É terrível.

      Excluir
  2. Meus pêsames, Lua. Perder um parente nunca é fácil.
    Sobre a auto-mutilação: já ouviu falar do projeto Borboleta? Você desenha borboletas no pulso, coxas e em lugares que você tem tendencia a se cortar e dá um nome a ela. Alguém que você ama muito, por exemplo, o Duda. Toda vez que você se cortar, você mata essa borboleta e consequentemente, aquele que você ama.
    Já vi dar certo com muitas anas ou pessoas que só tem depressão. Pode parecer meio bobo, mas...

    Minha internet também anda um lixo esses dias, ainda mais com umas chuvas que vem dando.

    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aiko...
      Já ouvi sim, mas nunca tentei. E pra ser bem sincera, nunca me interessei. Sou péssima nesse tipo de coisa. Estou tentando nem pensar nisso :/

      Obrigada ♥

      Excluir
  3. você sim é um exemplo de pessoa azaraneta, eu nunca vi isso, é uma coisa atrás da outra... queiço? /╲/\╭༼ಥДಥ༽╮/\╱\

    A unica coisa que eu posso fazer é desejar que tudo melhore... :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô sabendo viu Cecy, tá pra nascer alguém mais zicado que eu na vida... :(

      Desejamos ♥

      Excluir
  4. Também estou passando por algo parecido, vários problemas, de tudo o que é tipo. E eu acho que foi por isso que a Ana se manifestou.
    Eu sei que isso é algo que nem eu mesma estou conseguindo, mas tenta ser forte. Se ligue a tudo o que te prende nesse vida e as coisas boas, as coisas que estão dando certo e que não valorizamos no nosso dia a dia. Quem sabem um dia tudo simplesmente melhore e seremos recompensadas por aguentar firme...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto muito Lety :/
      As coisas não deviam ser tão pesadas assim.
      Vamos aguentar o máximo.

      Super beijo ♥

      Excluir
  5. Ah Lua...

    Que é isso?
    Strike de problemas em série?
    Eu não sei que remédios são esses que você toma, nem pra quê servem, mas as vezes tenho a sensação que eles não estão te ajudando como deveriam.
    Desejo que Deus conforte os corações de vocês, e que o vosso ente querido tenha encontrado a paz e a luz.
    Depois da tempestade, sempre chega a calmaria, dias melhores virão minha querida Lua!

    Beijos ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi ❤
      Não mesmo, mas pelo uma hora ou outra ele me derruba e eu caio no sono. Só as crises, e as coisas ruins que está acontecendo. Embora nunca sei quando ficou bom...

      Obrigada pelas palavras ❤

      Excluir

Gentiliza gera gentileza, por favor respeite meu diário. Deixei seu nome e o do seu blog, que lhe faço uma visita assim que puder.
Obrigada <3