31 de outubro de 2016

Consulta com o Psiquiatra

Você sente a sente respiração, sente um olhar em meio as sombras dos móveis velhos. Eles estão ali, a cada sombra de uma pessoa, ou móvel, ou prédio... Eles estão sempre ali! 
Acordei cedo pois sabia que as 14:15 eu deveria esta na clínica. Fui direto tomar um banho, pois na crise de domingo eu não tinha tomado banho. Eu tinha bafo de montilla, e cabelos sujos e embaraçados, pois não escovei. Demorei mais do que era necessário no banho, acho que morri ali alguns segundos. Lavar. Secar. Pranchar. Depilei o buço, sempre nasce uma pelagem leve e clara e eu odeio. Verifiquei as unhas estão cortadas e limpas, ok. Fiz algumas coisas antes de sair, deveres chatos de mulher coloquei o lixo para fora; lavei  a louça; troquei o banheiro da cachorra da Ruby. Troquei de roupa, nada me caí bem. Então coloquei qualquer coisa, uma leggin, uma camisete, e meu oxford preto. Está calor, e todo mundo parece bois e vacas mortos no trânsito. Em pé no ônibus, penso o quanto somos zumbis sem alma. Alguns estão indo trabalhar, outros indo estudar, outros procurando o emprego, outros indo para o médico, o mundo é cruel Lua. Descemos no ponto errado, temos que andar. Ela fala algumas coisas, eu observo o sol deitado sobre os prédios altos, enquanto vários executivos passam por mim ( hora do almoço eu penso ). Chego cedo demais na clínica, e a moça na recepção até se assusta! Mas expliquei que cheguei cedo mesmo, graças ao exagero da minha mãe. 
Eu contei sobre visões, paranóia, os vividos embora eles me observavam nas janelas dos prédios atrás do Doutor Leandro. Será que ele enxerga eles ? Ele me explicou algumas coisas me receitou meu 4° remédio, que trata esquizofrenia e a mudança de humor. Quase caí pra trás quando vi o valor do remédio, pensei automáticamente ( seria muito melhor morrer não é ? ) Guias para psicologo, falação sobre os cortes, suposta internação. É cansativo ir ao médico, eu nunca gostei. Mas faço o esforço pelo Duda... 
Amanhã começa o desafio master de novembro no meu grupinho. Todas tem que participar, e sim cada precisa se virar para colocar a rotina diante aos desafios impostos pelas admins*. Primeira semana está a cargo da Kanai ( Hina ) então vai ter frutas e legumes com toda a certeza. Acredito que será bom para desintoxicar o corpo, e talvez até a mente ... 



25 de outubro de 2016

Os vividos ( ou seres da escuridão )

Os dias tem sido irritantes. Não sinto vontade de nada na maioria dos dias, andei tomando antidepressivos demais, e não fui a psicológa. Desde ocorrido com a minha tia irmã da minha mãe. Eu tenho piorado rapidamente, por vezes durmo chorando, levanto chorando, e um desses dias dormi segurando a mão da minha mãe. Ela me disse que só dormi desta forma, e claramente isto não é o meu normal. Pior ainda quando a tia irmã da minha mãe mora por perto. Minha rotina tem sido sempre a mesma, por sorte me sinto mais "segura" em frente a comida. Acho que perdi algo, pois algumas blusas estão folgadas, e as calças também. Não me da segurança necessária para descansar, mas me da um "alívio" ou não. Para explicar para vocês básicamente estou tentando me manter abaixo de 500 kcals diárias, mas se passar algumas não estou dando minhas neuras. Andei fazendo detox e comendo mais verduras e frutas. Resultado -- banheiro toda hora -- Está sendo bem difícil ficar sem pesar, mas foi a forma de lutar contra a ansiedade. 
Já fiz mais 4 desenhos, pretendo posta-los em breve. Atualmente trabalho com uma caveira mexicana, que minha prima me pediu. Mas eu parei porque a mente não me deixava pintar em paz. As unhas pedem esmaltes, o cabelo perde uma cor nova, o guarda roupas uma boa faxina. E meu corpo deseja apenas a morte. É díficil lutar contra isso sabe? É como uma guerra, alguns mortos, outros feridos, e você sente que é o único a combater os inimigos. Quem são os inimigos? Os vividos das sombras, eles me observam dentro da escuridão. Estão sempre comigo, na hora de ouvir música, ou ler, ou fumar, em qualquer lugar. Sempre tive medo do escuro, mas não em relação aos seres que habitam a escuridão. Mas sim, por causa de algum inseto intruso. Mas hoje, agora, nos últimos tempos prefiro acompanhia dos insetos. Eles estão me observando agora, neste exato momento, bem ali atrás da porta desgastada do meu quarto. ( queria mata-los )
Estou lendo "A noite mais escura do Ano - Dean Koontz " estou gostando!! Sempre que a minha mente me da uma folga, eu leio, e simplesmente flutuo para dentro deste mar de palavras. ( super indico, e olhe que nem li todo ) 
Ontem fiz minha 2° tatuagem. Eu estava passando muito mal ontem, não sei porque mas o chá de hibisco que eu fiz para tomar o dia todo me fez um tremendo mal. Eu nem precisei "miar" o treco todo saíu. Mas mesmo morrendo fui lá no estúdio, trago fotos quando ela estiver pronta. A dor deu espaço a pequenos olhos na luz do estúdio do tatuador. Eles me perseguem em todos os lugares, inclusive nas roupas. Eu cheiro a mofo, bolor e monstros da escuridão. Não me entenda mal, eu tomo banho, mas a minha alma não, ela está totalmente pútrida. ( Amanhã passo em todos os blogs, eu prometo, porque agora estou sob efeito de remédios )


19 de outubro de 2016

Let's lose weight

Olha eu de novo aqui! o/
Bem, este post deveria sair lá pro dia 22/10, mas eu queria escrever hoje. Nem sabia que a kanai ia escrever  também, mas enfim, vou escrever. Como todos sabem, eu tenho 1,70 de altura, e infelizmente cheguei a pesar 70,5. Não é sobrepeso, e nem obesa. Mas me considero gorda! O duda diz " gostosa" eu digo gorda! Minha mãe diz "normal" e as vezes magra. E eu digo " gorda, gorda, gorda". Andei refletindo, e me perguntei qual é o problema Lua? Alimentação errada! Muito errada. Tenho sido uma ogra esses últimos meses. Desde que larguei o vegetarianismo, eu tenho comido muita bobagem. O amor pelas frutas sumiram ( eu gosto mais de verduras, legumes) e as hortáliças já não me caí bem...  >.>  Minha saúde mental é horrível ( todo mundo sabe ). Mas a minha saúde física é pior, não sei se vocês sabem mas: tenho desvio de face << no qual me causa problemas para respirar e comer>> ; Tenho tolerância á vários tipos de alimentos, principalmente cru; Tenho rinite crônica; Sinusite crônica; fora as outras pequenas coisas. E acredito sim, que devido minha má alimentação eu vivo "morrendo". 
Andei relendo minhas medidas, metas, li algumas coisas em fóruns americanos. E acho que descobri a chave da perfeição. Não vou falar sobre isto aqui, porque isto é assunto para o outro blog ( que apropósito está só as moscas ). Então resolvi mudar, lembram da foto da agenda preta? Bem, eu me desfiz de app de contagem para marcar tudo naquela agenda. Então vou explicar:

Anotações:
1- Pesar por volta de 56 quilos até o fim do ano ( depende de mim, e do meu desempenho, estou trabalhando nisto )
2- Evitar a todo custo tudo que for farinha branca. Incluindo arroz branco.
3- Não comer biscoitos ( tipo nesfit ) todos os dias. Mas só em dias alternados.
4- Comer pelo menos 2 ou 3 frutas por dias. Evitando banana depois das 15.
5- Nunca repetir pratos, mesmo que seja verduras.
6- Pesar a cada 10 dias
7- Comer alimentos ricos em fibras para evitar o consumo excessivo de laxantes.
8- Controlar a taxa de carboidratos ingeridos.
9- Beber água, chás, e café preto todos os dias. Evitando café depois das 18.
10- Ínicio - 19/10 

Hoje manha comi: 2 fatias de pão integral de baixa caloria/ queijo branco ( fatia fina) e café preto sem açucar. O corpo quer pão frânces e refrigerante, --' Mas é claro que não posso me deixar levar pelo o que ele quer, e sim pro que ele precisa. Considerei verificar as calorias no fim do dia apenas. Por isso me desfiz de app, e estou anotando na agenda. Pretendo trazer fotos dela também, porque aí vocês veram como eu realmente estou me alimentando. Porque preciso escrever até uma bala se eu comer. O app de água continuo usando todos os dias, porque sou esquecida mesmo no calor. A leitura sobre alimentação saudável, e quais benefícios de cada alimento ingerido também precisa virar rotina. Eu já vi alguns nomes de livros sobre o assunto, e mês que vem vou comprar. Adotar uma nova rotina alimentar não é fácil, mas também não é impossível... Me desejem sorte!


Kanai, farei de tudo para ficar linda pra você... ^^

17 de outubro de 2016

Desenhos; Comprinha; Presentes e Livros

Eu demorei um pouco para vir aqui, aconteceram coisas nas quais eu não estava esperando. Estou sendo tão maltrada por uma das pessoas que eu gostava. Isto está doendo até mesmo na minha mãe, e por morarmos próximas é pior ainda. Estamos cogitando ir embora, compra uma outra casa depois de 26 anos que minha mãe comprou aqui ( sim,  antes da minha mãe engravidar ). << chega desse assunto>>

Estou com várias ideias de jerico na cabeça, inclui emagrecer até morrer, inclui morrer, inclui nunca mais falar, sumir e bla bla. Toda aquela velha história sem graça que vocês já leram aqui. Não vou ficar falando as mesmas coisas. Vocês já devem esta mais careca de saber de como eu sou uma montanha russa quebrada, e daqui não saí nada de bom. Aconteceu várias coisinhas, como eu me queimar "propositalmente" na panela. Estou fumando muito, de novo... Embora eu não ligo, eu sempre paro, volto, paro, volto. Vícios e mais vícios. Ontem fiz uma lista ( me inspirei na Kanai ) são 9 objetivos pequenos para ser atingidos. Usei a agenda que a Mandy me enviou de presente *U*, é linda gente, toda preta >.<  Estou programando minha próxima tattoo, e vai ser algo bem dark de acordo com a minha aura. Mas nada impactante, para minha mãe não surtar. Estou lendo o livro Starters, e aproveitei e vim com várias fotos...


Esses são os novos livros que ganhei e comprei. O com o marcador rosa, é o que estou lendo. É muito viciante, e bem fino . A Kanai me disse que tem o segundo, e que é muito difícil de achar. Os dois primeiros foi presente da minha mãe, ela foi no Sebo, e comprou ( adoro Sebos ). Os outros dois foi minha tia, me disseram que é muito bom. E os dois últimos foi eu mesma que comprei, mas foi numa livraria mesmo. Eu adoro livros, quando a minha mente deixa- se levar, eu leio vários, principalmente na categoria infantil. 


Esta luva eu achei numa lojinha japonesa, na qual visitei em um dos sábados passado. Eu nunca tinha ido lá, e tipo, fiquei encantada com tanta coisa linda. Ela tem 47 cm, e eu bati uma foto usando ela, uma saia preta, uma regata preta, e uma meia preta, e um oxford preto rs. Achei bonito embora eu esteja uma orca assasina, quando eu estiver mais magra, eu bato foto e posto aqui. Também comprei uma caneca linda, que presentei minha mãe. Mas não bati foto, pois estava embalada. E comprei esta agenda lindinha... ( Aproveitei e comprei o presente da Kanai nesta loja *U*




Como eu havia prometi alguns dos desenhos que eu andei fazendo. Já aviso, não sou nenhuma desenhista, e nem me acho com talento para tal feito. Mas, eu gosto de passar o tempo fazendo qualquer coisa que esvazie minha mente turbulenta. O primeiro desenho que fiz foi o das borboletas craqueladas, meus dedos abriram de tanta força que usei. O segundo foi os dos passarinhos, não sei se da pra entender, mas são rosas dentro daquele troço ali kk. O 3° foi a moça com uma boca de alien no pescoço, e o último foi o preto e cinza. Minha mãe achou que eu ia desenhar casinhas, e pessoas felizes, mas eu não sou assim. Sorry, mãe .... 



E para terminar está é a agenda que a Mandy me mandou, com outros presentinhos lindos. No qual vou escrever sobre meu dia de alimentação, pesagem e tudo mais. Então vocês provavelmente veram folhas escritas por aqui. Eu gostei muito dela, porque é preta, e eu amo, amooooo coisas pretas eu não enjôo, e a cor não me irrita. E como ela não é grande posso levar ela aonde eu for. Enfim o post ficou enorme, mas eu queria escrever coisas diferentes para vocês. Ao invés de toda aquela aura ruim que sempre tem, não que este post não tenha. Mas... Pelo menos mudei um pouco a aura do blog né. Sobre a dieta, e peso vou falar no próximo post. E vou visitar vocês todas em breve! Obrigada pelo carinho, e a paciência de ler este texto gigantesco! Abraço!!


12 de outubro de 2016

Summary of past days

Quase 6 dias sem entrar aqui... 
Eu estou com aquela sensação de apagar tudo, e simplesmente me enfiar no quarto e nunca mais sair. Ontem foi muito cansativo, meu corpo, minha mente, minha alma estava muito cansada. Eu estava atrás de um presente para Hina << Feliz aniversário amor >> E depois de horas andando num shopping ( escolhi o mais vazio possível ) eu encontrei algo bacana. Me sentei em uma mesa, e minha cabeça rodava feito um pião. Minha tia me presenteou com uma saia preta muito linda, no qual vi a númeração (40) Ok, meu dia acabou ali. Quando estavamos indo embora, me sentei em um dos bancos do trem ( no qual estava lotado em plena 12:50 ) e senti que todo mundo estava me encarando. Enfiei a cara no livro, e minhas mãos estavam tremendo. Tomei meu remédio da tarde, e eu ainda tinha coisas para fazer no centro da cidade aonde eu moro. Comprar duas tintas de tecido. Ok. Compra novas tomadas. Ok. Eu disse para minha mãe que ela podia ir pra casa, que eu ficaria no estúdio de tattoos, esperando o Duda ( ele está terminando uma tatuagem). Ela me perguntou umas 35 vezes em frente a galeria se eu ficaria bem. Eu disse que sim - mentira -. Esperei por volta de uns 15 minutos e ele apareceu. 

Eu adoro estúdios de tattoos, eles sempre são decorados por coisas diferentes. E atraí meus olhos, caveiras enormes, túmulos, runas, balões japoneses, e tudo mais. Senti vontade de por outro piercing ( eu já falei que adoro piercings? rs) Bem, perguntei pro Duda, ele disse " Fura o septo ". Eu queria algo mais escondido como o anti trágus. Mas ele insistiu, e eu furei ontem mesmo. Não doeu, apenas uma picada. A moça que me atendeu chamada Andy, que apropósito era muito bonita. Disse que ficou muito bonito. Eu escolhi uma jóia pequena, e troquei meu piercing de argola por um ponto. Ou seja tenho dois piercings no nariz. << Fiquei com receio da minha mãe, pois este é o único tipo de piercing que ela não é muito afim, eu diria >> Mas sabe aquela coisa momentânea ? Dizem que pessoas que são Boderline, são impulsivas e fazem as coisas sem pensar muito. E isso é muito, eu. Hoje de madrugada eu acordei me olhei no espelho. Eu estava estou a cara da derrota, eu quis tirar o piercing acreditam? Minha mãe disse: " Mas porque está doendo?" E eu disse que não. E realmente não está, porém ele chama muita atenção pro meu rosto. Enfim, se eu me estressar já sei o que farei. 

Na segunda feira minha mãe me chamou para sair. Disse que queria andar um pouco, e como ela NUNCA  me deixa sozinha. Eu fui com ela. Ela falava, e eu ouvia e respondia sempre "Aham, Sim, Ok, É. Nossa. " Por fim, ela disse: Quando você era bêbe, uma amiga minha disse que você tinha a palma da mão pequena, e dedos longos e finos. E que você seria uma artista, que tinha um talento ou uma "aura" para trabalhar com qualquer coisa que envolva arte. E a mulher deu um lírio branco, e uma outra coisa que não me lembro. Eu fui andando pela rua, tenta digerir o que eu havia ouvido. Fomos a uma papelaria, e ela me comprou: uma caixa de lápis de cor de 48 cores; um caderno de desenho gigante, um menor, uma lousa, giz, apagador, 2 lápis de escrever, 1 borracha, 3 canetas. Disse que era um presente para eu ocupar a mente. E treinar minhas "habilidades artísticas" - Oi?- Bem aceitei de bom grado, com a minha mãe não existe a palavra recusar. Então se eu desenhar algo, provavelmente irei postar aqui. Só não digo, que será desenhos felizes e cheios de amor. Vocês me conhecem, e sabem que minha aura é meio dark. 

Minha mente está um verdadeiro caos, uma bagunça na qual eu não consigo colocar nada nas caixas. Tenho vivido assim por tanto tempo, mas nunca me acostumo com ela. Remédios descem pela minha garganta, sombras se  formam no meu quarto e me espiam enquanto eu durmo. Tem sido difícil, todo santo dia penso em me internar. Não tem sido fácil lidar com tudo isso, então como sempre a única porta aberta é a do suícidio. Só não sei quando será... 

...

8 de outubro de 2016

A grande ilusão

A pior sensação do mundo é achar que tem algo, e descobrir, ou sentir que não tem nada. E eu sou esse tipo de pessoa. Eu acho que tenho amigas; Boom, não tenho amigas. Eu acho que tenho algo especial; Bom, não tenho nada de especial. Eu acho que pelo uma pessoa gosta de mim; Boom, ninguém gosta de mim. É tudo um excesso de ilusão da minha mente. Eu devo pagar por tal ato? Devo claro que devo! A iludida aqui sou eu, não é você ou outra pessoa. Eu não sou á amiga; não sou á esposa; á garota magra; á garota que faz faculdade; á garota legal e simpática que todos querem ser amiga; á desejada; ou á mais bela; ou á mais inteligente. Eu sou o completo nada. Sabe aquela sobra de comida num dia domingo cheio de parente, no qual todos encheram o bucho, e ninguém quer a sobra? Essa sou eu!! 
Ou então sirvo com uma escora, ou um "ombro" amigo no qual a pessoa vem se encosta e chora suas pitangas. E eu? Bem, eu não tenho ombros para chorar minhas pitangas, eu tenho apenas o meu travesseiro surrado e manchado como sempre. ( Não estou reclamando dele é claro, pois ele é o mais sofredor da história) Mas estou verdadeiramente cansada de tudo. A concha voltou, e quer me fechar pro fundo do mar. Neste exato momento eu deveria estar vestindo um calça preta, uma camiseta preta, meu bracelete gigante ( sim, bem maior do aquele na foto ), um tênis ( estou com problemas com cores) e estar andando por aí. Mas a minha mente não entende isso, não entende que sair é normal, que ter uma conversa com seu marido é normal. Então cá estou eu, escrevendo palavras confusas e desconexas e claramente sem sentindo algum. O ante braco que está sobre os joelhos enquanto algumas lágrimas querem dar as caras, está coçando pois os cortes que fiz semanas atrás foram profundo demais, e inflamaram. Eu sou um acúmulo de caos, e vai por mim... Ninguém quer ter caos na vida delas.




5 de outubro de 2016

Diga NÃO!!

As neuras voltaram isso é bom ou ruim ? Não consigo me decidir, só sei que todas as neuras de comer escovar os dentes. Ser grossa quando falam de comida, e mesmo sem querer contar caloria, a mente conta. Eu estou gorda, eu preciso emagrecer. Já fiz tantas promessas neste blog que me envergonho de dizer isso aqui. <eu estava escrevendo no caderno, mas quase não saiu nada> Então eu vim aqui para tentar sair os pensamentos que estão expremendo meu cérebro. Ontem eu estava disposta a comer o minímo possível, e não contar nenhuma caloria. E adivinhem, lá estava eu contando. Hoje eu não estava disposta a tomar remédios ou contar, e lá estava eu contando, e tomando diurético. A vatangem é que aos poucos o controle volta, a desvantagem um erro, e eu acabo com tudo. Ontem enquanto eu estava numa dessas casas de brincos, tive a grande ideia de comprar uma pancada de chás. Fui até a casa do norte, e comprei chá verde, hibisco, camomila, capim santo, e o cara me oferece sene, porém eu não precisava já que tenho duas caixas de lax fechadas. Estou pensando em comprar na casa de produto natural, chá 37 ervas. Básicamente eu quero sobreviver de chás, ainda mais porque minha mãe sempre faz pra mim o chá Anti-Insônia. E eu tomo todo santo dia! Até acostumei com o gosto meio amarguinho dele. 
A verdade é que é só a gente pensar em d.i.e.t.a  que o universo conspira contra nós. Minha mãe e minha tia me ofereceram 5 vezes no mercado salgadinhos. Fizeram potes e potes de biscoitos ( o meu era light ) e os outros com coco, salpicado com demôniozinhos. E eu disse NÃO!! Vou seguir meu caminho, porque estou cansada de me importa com os outros. 


3 de outubro de 2016

Ódio pelo próprio corpo

Você coloca a comida na boca, sabe que isso lhe fará chorar. Sabe que isso lhe fará se machucar, dedos na garganta, força e tudo vai pra fora, e depois você coloca tudo pra dentro. A vida de quem tem um monstro desse dentro de si, se resume a isso. Come/ Vomita/ Come/ Vomita! E se come e não vomita, você come chorando. As lâminas aparecem feito um belo colar de morte, e 10 riscos fortes aparecem no seu braço. morre lua, morre lua, morre lua, morre logo, agora, agora lua. As vozes falam como uma música doce, e sombria. Minha cabeça está caótica, uma verdadeira bagunça. Vultos se formam na parede, vozes me chamam, gatos aparecem, algo está me chamando. Algo está errado, eu devo contar? Você contaria ? 
Ela se volta para como uma fênix, que resurge da suas próprias cinzas e diz: Levanta, porque a sua morte pertence á mim. E não a essa porcaria toda que você brinca de colocar para dentro. Eu levanto cambaleante, tonta e aflita. Só quero ver os números baixar, só isso que eu quero ver.





2 de outubro de 2016

Gotas de Outubro

Enfim setembro foi embora... Embora pareça que ele esteja mais presente do que nunca. Eu sou o tipo de pessoa, que sempre espera o "melhor" do próximo mês. Mas me deixo enganar, embora as vezes eu acho que a vida adora me destruir. 
Os remédios são muito fortes, geralmente no período da manhã eu sempre estou mais lenta. Muitas vezes trêmula, zonza, e com falta de equilíbrio. Então eu preciso de ajuda para despertar, e ir tomar café. Porém o Duda está trabalhando a noite, e quando ele chega, e eu estou acordando. Ou seja, sempre acordo por volta das 06:50 á 7:10. E ontem não foi diferente. Ele já havia deitado, e eu pedi para ele buscar algo que eu pudesse comer, já que estava passando mal. Ele me olhou, e virou pro lado e dormiu. Eu fiquei muito, muito triste. Porém eu ignorei, e peguei meu roupão e fui cambaleando, e me segurando na escada. Alguns vultos passavam por mim, me espreitando, até que conseguir sair de casa. Subi mais escadas, e percebi que minha tia estava em casa. Eu pedi que ela fizesse algo para eu comer, para eu poder tomar o remédio. E ela fez logo de imediato. Voltei pra casa, um poquinho melhor. E deitei. 
No período da tarde, eu meu animei um pouco, porque minha prima me distraiu. Porém o  monstro que me espreitava, resolveu cutucar a ferida, e tudo desmoronou em poucos segundos. Quando eu e ele ficamos sozinhos, discutimos. ( O duda pode ser um homem extremamente carinhoso, mas ele pode ser uma pessoa muito ruim quando ele quer ) E ontem ele estava no modo ruim. Como eu não estava afim de comprar briga, eu subi as escadas e me tranquei no quarto. Nervosa, irritada, peguei um daqueles potes grossos, ele tinha feito um tipo de carta e tinha colocado ali dentro, eu taquei longe. Peguei as lâminas, e a carnificina começou, bum, bum, bum, bum, bum,bum,bum,bum,bum! Minha mente não para. Alguém bate a porta, e eu não me movo, o banheiro tem uma pequena poça de sangue, e escuto uma voz feminina << minha prima >> O chão do meu quarto é cor de quartzo, e tinha várias gotas de sangue, tinha sangue na porta, sangue, no chão preto do banheiro, sangue na porta do banheiro, o clonazepam não funcionava, nada funcionava. Ela lavou meu pulso que não parava de sangrar, e passou pomada. Eu sei isso não é normal, eu não sou normal. Infelizmente. 

Hoje acordei meio lenta ( como sempre ) mas é dia de eleição, e eu preciso cumprir minha obrigação. Fui cedo para não dar de cara com ningém conhecido. << Funcionou + ou - >> e depois fui a feira, aproveitei que era perto. Tinha frutas, e legumes, hortáliças lindas. Me lembrei da Hina ( claro rs) e da Anitta Perfeita, que sempre fala super bem dos alimentos saudáveis e tal. Era tantas cores, e cheiros, eu já tinha feito compra de frutas na sexta feira. Mas comprei pêssegos ( que eu amo ) e Uva,que eu também simplesmente amo, Eu quero voltar a me alimentar com alimentos assim, e tentar de novo o vegetarianismo. A casa está colorida, então me da um certo ânimo devido á cheiros e sabores diferente. Espero que outubro seja um mês pelo menos suportável...