8 de outubro de 2016

A grande ilusão

A pior sensação do mundo é achar que tem algo, e descobrir, ou sentir que não tem nada. E eu sou esse tipo de pessoa. Eu acho que tenho amigas; Boom, não tenho amigas. Eu acho que tenho algo especial; Bom, não tenho nada de especial. Eu acho que pelo uma pessoa gosta de mim; Boom, ninguém gosta de mim. É tudo um excesso de ilusão da minha mente. Eu devo pagar por tal ato? Devo claro que devo! A iludida aqui sou eu, não é você ou outra pessoa. Eu não sou á amiga; não sou á esposa; á garota magra; á garota que faz faculdade; á garota legal e simpática que todos querem ser amiga; á desejada; ou á mais bela; ou á mais inteligente. Eu sou o completo nada. Sabe aquela sobra de comida num dia domingo cheio de parente, no qual todos encheram o bucho, e ninguém quer a sobra? Essa sou eu!! 
Ou então sirvo com uma escora, ou um "ombro" amigo no qual a pessoa vem se encosta e chora suas pitangas. E eu? Bem, eu não tenho ombros para chorar minhas pitangas, eu tenho apenas o meu travesseiro surrado e manchado como sempre. ( Não estou reclamando dele é claro, pois ele é o mais sofredor da história) Mas estou verdadeiramente cansada de tudo. A concha voltou, e quer me fechar pro fundo do mar. Neste exato momento eu deveria estar vestindo um calça preta, uma camiseta preta, meu bracelete gigante ( sim, bem maior do aquele na foto ), um tênis ( estou com problemas com cores) e estar andando por aí. Mas a minha mente não entende isso, não entende que sair é normal, que ter uma conversa com seu marido é normal. Então cá estou eu, escrevendo palavras confusas e desconexas e claramente sem sentindo algum. O ante braco que está sobre os joelhos enquanto algumas lágrimas querem dar as caras, está coçando pois os cortes que fiz semanas atrás foram profundo demais, e inflamaram. Eu sou um acúmulo de caos, e vai por mim... Ninguém quer ter caos na vida delas.




12 comentários:

  1. Eu partilho do mesmo sentimento. A propósito, seu texto está muito bem escrito.

    ResponderExcluir
  2. Todo mundo se sente assim um dia, sozinho... As vezes é real, estamos sozinhos de fato, de alguma forma, sempre, nascemos sozinhos, vamos morrer assim... mas as vezes é só olhar em volta e ver que tem um monte de gente que te ama e que te quer bem, mas do modo deles, e não da forma que você espera e considera...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu faço algo por alguém, pelo menos eu espero o minímo mas nem isso estou recebendo.

      Excluir
  3. Olá Lua!

    Eita, já passei por tantas desilusões, com coisas, com projetos, com pessoas, com crenças, e isso dói, tenho um período de "luto", e depois tento seguir a vida como se aquilo nunca tivesse existido.
    Sinceramente, eu prefiro ser machucada com uma verdade do que ser poupada com uma mentira.
    Nascemos para perder:

    Perde-se o cordão umbilical.
    Perde-se os dentes de leite.
    Perde-se a ingenuidade.
    Perde-se os medos infantis.
    Perde-se a virgindade.
    Perde-se o primeiro amor.
    Perde-se os amigos.
    Perde-se as oportunidades.
    Perde-se os entes queridos.
    Perde-se o dinheiro.
    Perde-se a confiança nas pessoas.
    Perde-se o emprego.
    Perde-se a coragem.
    Perde-se a fé.
    Perde-se a vergonha.
    Perde-se o tempo.
    Perde-se o interesse.
    Perde-se a razão.
    Perde-se a juventude.
    Perde-se a saúde.
    Perde-se a vida.

    Absolutamente tudo tem começo, meio e fim.
    Adquirimos, desfrutamos e perdemos: pessoas, sentimentos, bens...
    E neste processo natural, o importante é viver o momento e aproveitar o que se tem hoje.
    Com o tempo vem a capacidade de entender que tudo um dia termina, e o que fica não é o vazio, mas a maturidade.


    Beijinhos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei do seu comentário, faz muito sentido. Além de ser realista... Talvez seja disto que eu preciso mesmo.

      Excluir
  4. Oi, Lua ❤
    Talvez seja ilusão sim, só que não da forma como você pensa. Nossa mente nos prega peças o tempo todo.
    "Você não é boa o suficiente, então por que não desiste logo?" "Você sabe que ninguém mais te suporta, por que não desaparece?" "Não tem ninguém aqui, só você, e nem você se gosta."
    Essas são algumas das coisas que ouço com frequência... Lua, não é fácil sentir o que você está sentindo e nem passar por tudo o que está passando, mas saiba que essas coisas são apenas uma parte da sua vida, elas não te definem. Pode ser que agora você não consiga ver nada de bom em si mesma, mas eu vejo e sei que tem pessoas que veem também.
    Respire, chore, se erga, continue.
    Desculpe me ausentar com tanta frequência daqui.
    Um abraço e que se sinta melhor em breve!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ana, você sempre trazendo mansidão nas coisas.
      Outro [] :*

      Excluir
  5. De certa forma, todo mundo é sozinho, talvez seja ilusão, ou não .

    ResponderExcluir
  6. Eu não sou forte o suficiente para ficar longe
    Não posso fugir de você
    Eu apenas corro de volta para você
    Como uma mariposa, sou puxado para suas chamas
    Diga meu nome, mas não é a mesma coisa
    Você olha nos meus olhos, meu orgulho se vai
    Minha alma se rende e você deixa meu coração de joelhos

    Musica: Not Strong Enough (feat. Brent Smith)- Apocalyptica

    Começou a sessao musicas da Hina ^^ farei vc escutar cada uma delas meu amor <3

    ResponderExcluir
  7. Eu tbm me sinto desvalorizada, descartável, etc. Eu acho que o jeito é procurarmos nos realizar em algo que possamos fazer sozinhos, tipo ter uma carreira, ter um hobbie, seila.

    ResponderExcluir

Gentiliza gera gentileza, por favor respeite meu diário. Deixei seu nome e o do seu blog, que lhe faço uma visita assim que puder.
Obrigada <3