3 de outubro de 2016

Ódio pelo próprio corpo

Você coloca a comida na boca, sabe que isso lhe fará chorar. Sabe que isso lhe fará se machucar, dedos na garganta, força e tudo vai pra fora, e depois você coloca tudo pra dentro. A vida de quem tem um monstro desse dentro de si, se resume a isso. Come/ Vomita/ Come/ Vomita! E se come e não vomita, você come chorando. As lâminas aparecem feito um belo colar de morte, e 10 riscos fortes aparecem no seu braço. morre lua, morre lua, morre lua, morre logo, agora, agora lua. As vozes falam como uma música doce, e sombria. Minha cabeça está caótica, uma verdadeira bagunça. Vultos se formam na parede, vozes me chamam, gatos aparecem, algo está me chamando. Algo está errado, eu devo contar? Você contaria ? 
Ela se volta para como uma fênix, que resurge da suas próprias cinzas e diz: Levanta, porque a sua morte pertence á mim. E não a essa porcaria toda que você brinca de colocar para dentro. Eu levanto cambaleante, tonta e aflita. Só quero ver os números baixar, só isso que eu quero ver.





7 comentários:

  1. Sinto muito, muito mesmo.
    Te entendo, você não merece isso.
    Torço para que essa angústia te deixe em paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Any, tem sido tão difícil. Eu diria impossível mas estou forçando um pouco mais ....

      Excluir
  2. Você não está sendo vigiada? Não tá mais miando?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre estou, são poucas vezes que estou sozinha. Mal tenho privacidade para ir ao banheiro fazer minhas necessidades. E não estou me esforçando para não deixar a Bulimia entrar novamente na minha vida Cecy...

      Excluir
  3. Oi, Lua ❤
    Vim aqui hoje principalmente para agradecê-la por sempre ir lá no blog (apesar de eu aparecer tão pouco) e por ser tão gentil e carinhosa comigo. Acredite, suas palavras fazem toda a diferença para mim!
    Sobre o que você tem sentido... Eu lamento tanto! Sei o inferno que é comer e vomitar, ou então comer e desejar violentamente poder vomitar. Não sei o que dizer... apenas desejo que isso passe, você merece tanto ficar em paz, anjo!
    Sobre toda a angústia e sentimentos, acredito que seja bom você compartilhar com alguém. Com seu marido, ou com sua mãe, não sei. Sei que é difícil poder determinadas coisas para fora, mas você não precisa carregar esse fardo todo sozinha.
    Um abraço bem forte e cheio de carinho e esperança pra ti!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, as tuas tem muita força no meu coração. Obrigada pelo carinho viu adorete <3

      Excluir
  4. In My Remains - Linkin Park
    Essa musica tem uma tradução mto triste,agora em meus pedaços, mas eu enxergo força nelas meu amor, assim como enxergo em vc <3

    ResponderExcluir

Gentiliza gera gentileza, por favor respeite meu diário. Deixei seu nome e o do seu blog, que lhe faço uma visita assim que puder.
Obrigada <3