22 de fevereiro de 2017

Alvorecer

Peguei meu caderno velho, e uma caneta preta qualquer. Não era uma manhã boa, e nem ruim. Era como uma comida linda de se ver, porém sem sabor  nenhum. Palavras saiam das minhas veias, feito a água do rio Nilo. Não é legal quando uma garota faz planos suicidas. Mas dane-se, a vida é isso aí mesmo. Algumas frases mal escrita no caderno, um cigarro entre os dedos. Uma boca vermelha cor de sangue manchando o céu azul. Há quem diga que ela é um demônio qualquer. Eu não diria isso. Ela é mal compreendida, mal vista, mal interpretada. Poucas pessoas há conhece de verdade. Não fazem o mínimo esforço para conhecê-la. E depois dizem qualquer coisa sobre ela. Números escorrem dos seus dedos. Que se foda essa tal sociedade que diz que tenho que ser saudável, ela pensa. 45 não é mais um número bonito, talvez 35 seja perfeito. Risca algumas anotações antigas, e escreve " sem metas, sem correntes, sem prisão" apenas seguir em frente, até a perfeição. Ela rabisca pessoas gordas, altas, magras, esqueléticas, atletas, mas nenhuma lhe parece perfeita. A não ser a esquelética, será que este é meu fim ela se pergunta todos os dias, quando tem que enfrentar as ruas.

" Na calada da noite, quando todos já dormiram, ela ainda não foi pra cama. Está em frente ao espelho encarando sua insanidade, projetando seus planos maquiavélicos, em segredo para que ninguém os roube, outra vez.Ela ri sozinha. Pobre menina a loucura já tomou posse do seu coração, não há quem tire essa temeridade de sua mente. "

14 comentários:

  1. Essa pobre garota precisa ver a pessoa linda que ela é.
    Talvez eu também pense a meu próprio respeito assim como ela.
    Mas eu não seria louca o suficiente pra incentivá-la com isso.
    Não é discurso hipócrita.
    São apenas meios de não empurrar ninguém no precipício das doenças psíquicas e transtornos alimentares.

    Enfim, comentário confuso...

    Espero que você fique bem afilhada!

    ResponderExcluir
  2. "Tomara
    Que você volte depressa
    Que você não se despeça
    Nunca mais ..
    E chore, se arrependa
    E pense muito
    Que é melhor se sofrer junto
    Que viver feliz sozinho"

    ResponderExcluir
  3. Escreva, mãs não faça, bota tudo para fora como poesia, mas não enfia uma caneta dentro de vc

    ResponderExcluir
  4. "sem metas, sem correntes, sem prisão
    apenas seguir em frente, até a perfeição"
    Lua, a poetisa, 2017. Lindos versos, assim como tantos outros. Você tem o dom de transformar sua dor em poesia, Lua. Espero que as coisas melhorem para você mesmo assim, e que seu dom continue. Que voce consiga se sentir compreendida e amada(voce já é). <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Drella que comentário mais lindo. Eu agradeço por cada palavra <3

      Excluir
  5. Oh, Lua, seus textos acabam comigo, eu não sei o que dizer, apenas que tudo termine bem :(

    Se cuida <3

    ResponderExcluir
  6. Olá, Lua. Como vai? Essa menina precisa vê o quão bonita ela é e amada pelas pessoas que a cerca. Espero que tudo termine bem, Lua. Até mais!

    ResponderExcluir
  7. Wow, que profundo, lindo e arrepiante.
    Muita força flor!

    ResponderExcluir

Gentiliza gera gentileza, por favor respeite meu diário. Deixei seu nome e o do seu blog, que lhe faço uma visita assim que puder.
Obrigada <3