12 de junho de 2017

Sumiço

Andei sumida daqui, pois não tinha nenhuma novidade relevante para contar. Mas como não quero abandonar o blog, vim aqui hoje para contar meio por cima o que houve nesses 11 dias afastada do blog. A primeira coisa que tenho a dizer a dieta nem se quer saio do papel. Calma vou explicar o porque, andei super atarefada consequentemente não tive cabeça nem para cuidar de mim. Basicamente mal penteava o cabelo, mal tomava banho, mal comia nos horários certos. E a maioria do tempo livre que eu tinha/tenho eu dormia. Só academia que mantive, embora essa ultima semana foi um desastre. Chovia muito, ou estava frio demais para eu me mover de casa.
Perdi as receitas dos meus remédios, ou seja estou sem 1 medicação. Por sorte tenho duas para me manter, estou levando um pouco mais a sério meu tratamento, tanto que não tenho esquecido de tomar os remédios. E isso particularmente é bom.
Meu humor tá um lixo, esta oscilando demais e atrapalhando demais a minha vida. Tem dias que acordo chorando, outros que acordo com a maior preguiça de respirar, outros acordo meio feliz, é confuso essa vida de borderline. Sinto uma vontade enorme de me cortar, então tenho me queimado com isqueiro. ( é lua, essa vida não tá fácil não) Tenho tido visões, sonhos estranhos e tudo mais que se possa imaginar. Mas eu meio que ignoro toda essa merda e tento sobreviver.
Meu presente do dia dos namorados foi super legal. O duda fez uma surpresa para mim, dizendo que eu ia leva-lo para tomar vacina da gripe. Mas ele me levou na galeria do rock, para eu escolher o que eu quisesse de lá. É tanta coisa maneira que a gente fica sem saber o que escolher. No fim escolhi: um all star todo preto, uns acessórios como colares e brincos, e uma tatuagem, que é minha 5° tattoo, eu escolhi uma flor de lótus, e sinceramente amei a tatuagem e seu significado. ^^
Está semana eu vou fazer uma dieta rápida de 7 dias. Espero ter bons resultados, afinal o ano está quase no meio, e até agora a dona Lua mal se moveu.
Espero que todo esteja bem. Amanhã passo no blog de vocês <3

1 de junho de 2017

Planos para Junho

Quantidade de dias: 30 dias
Horas de alimentação - 
Café da manhã 07:30 - Lanche: 10 horas - Almoço: 12:30 - Lanche: 17:30- Ceia: 22:30
Alimentação: Nada de carboidrato
Água: 1,5 litro
Chás: O máximo que puder beber
Pesagem: de 10 em 10 dias
Exercícios: Ir pra academia todos os dias da semana


Maio foi um mês totalmente sem graça. Mal conseguir sair do lugar, as novidades é a troca de remédio ( que por um acaso estou me adaptando até que bem) e que estou fazendo academia. Hoje tive avaliação, ele disse que meu corpo é durinho. E que meu maior problema é a alimentação mesmo. Ele já me passou uma dieta, eu vou seguir o cardápio dele em cima da dieta que escolhi para começar o mês. Vamos com fé.
Maio também me trouxe lembranças muito ruins, não sei porquê mas este mês não me caí bem. Então tenho esperanças no mês de junho. Dia 14 de junho faz um ano desde que procurei um médico ( não foi o psiquiatra) para começar meu tratamento contra a doença que luto ( Borderline ). Tive várias recaídas em relação a cortes neste mês. < para ser sincera em todos os meses que passou > Minha meta deste mês é ficar bem longe da bulimia. E bem longe de uma lâmina, não sei se vou conseguir está segunda opção, mas espero que eu consiga. < a esperança é a última que morre > 
A mania de perseguição voltou com tudo, e a insônia também. Demoro muito para dormir, e quando durmo, durmo muito mal, ou seja meu corpo não descansa. E o pior de tudo é que eu sinto bastante sono, porém não consigo dormir, por causa das vozes na minha cabeça. Queria tirar todas elas da minha mente, mas eu não consigo. >< Tem sido difícil. 
Tem sido muito complicado ir para academia. Interagir é extremamente difícil, mas os instrutores são muito educados, e deixam a pessoa a vontade. Mas ainda sim, me da vontade de largar tudo e sair correndo pela rua à fora. Só não desisti, pois quero muito emagrecer. E eu sei que sem exercícios, é muito mais difícil. Então toda vez que o pânico me ataca eu penso - 45- 45-45-45-45. E respiro fundo, bem fundo mesmo, e solto tentando me livrar dos ataques. Eu posso vencer basta, eu querer vencer.