3 de setembro de 2017

Quase me divorciei #3

Eu deveria ter vindo ontem falar sobre meu dia. Mas vocês não tem noção da bola de neve, em que eu me enfiei. Na sexta feira meu marido pediu divórcio. Sim. É exatamente, o que vocês estão lendo. Com todas ás letras, e acentos, ele me disse divórcio. Depois de 5 anos de casado, e 11 anos juntos ao todo ele quebrou meu coração em milhares de partes.
Nós tínhamos  que ir até o centro da cidade, tirar dinheiro pra minha tia. E desde cedo estávamos nos estranhando. Mas as coisas mudou, e tudo ficou "bem". Eu disse que queria furar o smile de novo, porque assim seria mais fácil, porque não poderia comer. Mas o bodypiercing estava atrasado. E eu fiquei irritada e não quis esperar. Então, como eu tinha que passar em outro estúdio para fazer um orçamento de duas tatuagens. Aproveitei e fui lá, até ai tudo bem.
Perguntei se ele queria fazer alguma coisa, como comer, ou simplesmente ir pra casa ele quis comer. Ele comeu, e eu fiquei de boa. Quando chegamos em casa, eu peguei o short dele dormir e bati no ombro dele. Ele disse " Para Lua, tem brincadeira que machuca". Eu meio que arregalei os olhos, e falei que não bati pra machucar, o short era de tecido fino de surfista, nunca que aquilo ia machucar. Depois daquilo, tudo descambou ladeira abaixo. Falei um monte de coisa, coisas que eu devia, e que não devia. Toquei em assuntos que eu não deveria. Minha impulsividade foi no outro planeta, e bateu com tudo no cérebro dele. Ficamos de cara feia, e eu virei pro outro lado, e ele virou pro outro. Ele resmungou algo, eu disse " Porque você não fala isso pros seus pais". Foi aí que ele disse "Acabou". Na hora eu não levei a sério, fiz até piada. (gente virgem é um demônio, pelo menos eu sou). Aí eu repeti umas 10 vezes você tá falando sério, e ele sem derramar uma lágrima disse que sim. Que no sábado (ontem) ia chegar em casa, arrumar as coisas dele. E ia embora.
Pronto as lágrimas começaram a brotar, eu comecei a chorar. Porque não tinha nem pé, e nem cabeça ele me dizer isso. Tudo por causa de uma droga de um shorts. Perguntei se ele estava cansado de mim, ele disse que não. Perguntei, se ele tinha outra mulher. Ele disse que não. Ou seja, ele não gostou que eu agi como ele agi comigo. Tipo, eu paguei na mesma moeda no meio da discussão. Ele fica trazendo à tona, assuntos antigos, eu fiz o que ele faz. Ele não aguentou a pressão, aí veio a palavra "acabou".
Na sexta ele foi trabalhar (ele trabalha a noite). E eu fiquei sozinha, juro, que eu achei que seria minha última noite viva. Porque eu estava a ponto de fazer uma besteira tomei 30 comp de rivotril, e ia beber junto com o wiski bourbon dele. Conversei com as minhas primas, elas estavam loucas. Uma disse que se algo acontecesse comigo, ia matar ele. Outra disse que não valia a pena. Outra disse que eu era bonita, e que não merecia isso. Eu fumei que nem uma louca. Mas pasmem, não me cortei, simplesmente tomei os remédios e dormir.
No sábado de manhã, minha mãe me ligou. E perguntou como eu estava, eu não consegui fingir. Eu disse " Mãe o Duda pediu divórcio". Minha mãe saiu chorando do serviço como uma louca, achando que eu ia fazer uma besteira. Eu nem sei como ela chegou tão rápido. Nós não tínhamos conversado, ele chegou em casa, e estava arrumando as roupas lavadas. Pra ele levar embora, ele estava triste. Eu estava semi dopada, mas sem sentimento algum. Se ele disse, já vou, eu diria vá com deus. Mesmo que depois meu mudo caísse. Porque é isso que antidepressivo faz, ele tira tudo que você tem. E te deixa seca por dentro.  Estranhamente a mãe dele apareceu aqui também. E nem disse nada, tive que ouvir ela falar de deus uns 2 horas eu acho. Tive que ouvir que quem tem transtorno mental, tem demônio no corpo. (Isso me canso mais ainda). Depois que ela foi embora, eu saí de casa e deixei ele mesmo decidir o que ele queria fazer.
Só disse, antes de sair converse comigo para podermos resolver as coisas. Ele disse, que tudo bem. Eu desci com a minha mãe, e a minha tia. Porém queria andar sozinha, peguei um pouco de dinheiro e comprei umas coisas pra mim. Andei bastante. Cheguei primeiro que minha mãe e minha tia. Já que ele não tinha ido embora ainda, conversamos.
Ele repetiu, 300 vezes a mesma coisa. Eu já estava cansada, pedi desculpas caso eu tinha falado algo que magoasse ele. Eu disse que no fundo, eu só queria que ele provasse o próprio veneno. Porque o Duda, tem a síndrome da perfeição. E isso me irrita.
No fim ele me pediu desculpas por muitas coisas que ele falou. Mas eu não desculpei uma, porque tem haver com as minhas 4 tentativas de suicídio. E isso me machucou muito, ou seja, não adianta eu dizer que vou perdoar. Sendo que não vou. A gente se "acerto" vamos ver até aonde isso vai durar.
Sobre minha alimentação, tá tudo bem. Tirando o fato que hoje vai ter parabéns, e bolo pra mim.  Eu preciso aprender lidar com os contra tempos da vida. -.-
Sorry, pelo post enorme!


8 comentários:

  1. Oh! Meu! Deus!
    Li isso e foi muito tenso. A verdade é que nem sei o que dizer, e nem tenho experiência pra dar conselho nessa situação. Acho que devem agir com calma, terminar de um jeito tão repentino é loucura! Só não deixe as mágoas acumular, pode não ser bom quando explodir. >_<

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conversamos agora parece que tudo esta bem. Pelo menos por enquanto.

      Beijos

      Excluir
  2. Amiga, mas que notícia ruim! Até eu fiquei meio tocado enquanto lia! Olha, eu concordo contigo, e acho que ele não deveria desistir de você assim, por um motivo tão pequeno, tantos casais aí já tiveram brigas piores, por motivos piores, mas nem por isso terminaram. Acho que ele deveria conversar contigo, e você o mesmo com ele, se resolverem de uma forma melhor. Eu até me lembro de ter lido uma vez aqui no seu cantinho, que você uma vez chorou no ombro dele quando estava indo pro psiquiatra, entre outros momentos que você tão carinhosos que vocês já tiveram e eu li aqui, vocês fechavam tanto, sabe? Desculpa se eu tiver falando algo errado, é que eu não entendo de casamento, mas acho que vocês não deveriam desistir não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conversamos amore, parece que tudo se ajeitou. Eu acho -.-

      Excluir
  3. Lua eu sinto muito ainda bem que tudo ficou bem <3
    parabéns <3

    ResponderExcluir
  4. Crises são crases entre cruzes e crescer.
    GK

    ResponderExcluir

Gentiliza gera gentileza, por favor respeite meu diário. Deixei seu nome e o do seu blog, que lhe faço uma visita assim que puder.
Obrigada <3